Uma infinidade de conteúdo é produzida diariamente para a web. Em meio a tanto material, como fazer com que o texto que você escreveu se destaque? Há algumas práticas que podem ser seguidas para que o seu trabalho seja visto com mais frequência, atraia o público

que quer atingir, traga mais resultados para o cliente que encomendou o conteúdo e, principalmente, faça com que você seja reconhecido como um redator fera. Pensando nisso, fizemos uma lista com alguns dos itens que não podem faltar em um blog post. Confira!

1 –  Um título atraente

O título é o primeiro contato que o leitor tem com o texto. É ele que vai aparecer nos resultados das buscas, nas redes sociais, em links e também na listagem de conteúdos do blog de destino. Bons títulos atraem mais cliques: não adianta ter um conteúdo excelente se o título não desperta a curiosidade. Portanto, invista tempo pensando no título e em formas de deixá-lo interessante e atraente para o leitor e aumente as chances de propagação do conteúdo.

2 – Uma introdução poderosa

A primeira impressão é a que fica, certo? Em um texto, isso não é diferente e é por isso que a introdução é um dos fatores mais importante de qualquer tipo de conteúdo. É a introdução que vai convencer o leitor de que o que ele está lendo é relevante e é ela que vai persuadi-lo a seguir com a leitura até o final.  Uma boa introdução engaja e desperta a curiosidade do leitor, ao mesmo tempo em que informa de forma clara o principal assunto do texto, mostrando porque ele é importante.Subtítulos

3 – Subtítulos

Os subtítulos em headers são utilizados principalmente por três motivos: deixar a leitura do texto mais fluída e agradável, encaixar ideias correlacionadas no texto e ajudar na otimização do conteúdo. Assim como o título, os subtítulos devem ser diretamente relacionados com o tema do texto e encaixar as ideias uma dentro da outra. Para isso, utilizamos as tags header 2 e header 3 e recomendamos que a palavra-chave do conteúdo esteja presente em pelo menos um dos subtítulos. Isso facilita o escaneamento do texto e a identificação do assunto tanto pelo leitor quanto pelos mecanismos de busca.

4 – Palavras-chave

As palavras-chave e frases-chave são entendidas pelos mecanismos de busca como os termos mais importantes da página. É por isso que elas também facilitam o processo de busca de conteúdo. Ainda que não haja uma definição de quantas vezes as palavras-chaves devem aparecer no texto, é importante que elas sejam usadas de forma natural, sem exageros. Vale lembrar que palavras semanticamente relacionadas também aparecem nos resultados das buscas.

5 – Boas imagens

O nosso cérebro processa estímulos visuais de forma muito mais rápida do que textos simples. Assim como o título, as imagens precisam ser atraentes a ponto de chamar atenção do leitor e estimulá-lo a ler o conteúdo. E isso vale tanto para blog posts quanto para social posts e ebooks.

Além disso, um bom conteúdo deve ser também visualmente agradável e as imagens inseridas ao longo do texto são uma boa forma de deixá-lo mais atraente para o leitor. Por melhor que seja o conteúdo, grandes blocos textuais sem imagens tornam o texto menos interessante.

6 – Call to action

Um call to action nada mais é do que uma chamada que tem o objetivo de instigar o leitor do texto a realizar uma ação após o fim da leitura. O call to action deve estar em blog posts, social posts e ebooks e a ação que deve promover varia de acordo com a estratégia de cada conteúdo. A chamada pode, por exemplo, levar o leitor a conhecer mais sobre o produto do cliente, a contatar um consultor ou a se informar sobre o assunto em outros posts do blog.

Um bom call to action é uma forma de assegurar que a interação do leitor com o cliente não termine no fim da leitura.

Apesar de as técnicas de SEO existirem, é importante lembrar que todo o sistema de busca é pensado em gerar a melhor experiência possível para o usuário e garantir que ele encontrará o que está buscando. Então, antes de pensar na otimização do texto, procure garantir que está entregando um conteúdo de qualidade para os leitores.

Gostou do post? Então não deixe de ler mais sobre produção de conteúdo para a web no nosso blog!

seja-um-redator-contentools

Luisa Wink - Writer experience

 

Previous ArticleNext Article

This post has 1 Comment

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.