Quem investe em Marketing de Conteúdo muitas vezes passa horas preparando as ferramentas certas, configurando o blog, a fanpage, a conta no Twitter e outras redes sociais. Não que essas ferramentas não sejam importantes – elas certamente são. Mas se ao menos uma parte de todo esse tempo inicial fosse usada para pensar a estratégia, certamente os investimentos das empresas em conteúdo dariam muito mais retorno.

Já falamos aqui de algumas perguntas que dão a partida de uma boa estratégia. Elas podem ser resumidas em três pontos principais:

  • Quem é o meu público alvo?
  • Qual é o meu objetivo?
  • Que tipo de conteúdo é mais interessante ao público-alvo e onde divulgar?

Respondidas essas questões, você pode dar início ao planejamento. No entanto, é comum vermos alguns erros básicos na montagem de estratégias de Marketing de Conteúdo. Que  tal, antes de partir para a execução, conferir com a gente os erros mais comuns e saber como evitá-los?

1)      Não ter conteúdo relevante

Conteúdo nunca é óbvio. Se você tem uma clínica de cirurgia plástica, por exemplo, ficar escrevendo posts técnicos sobre novas cirurgias irá atrair apenas médicos e profissionais da área. O público consumidor não está interessado neste tipo de conteúdo. Por outro lado, escrever artigos superficiais terá o mesmo efeito. Faça sempre está pergunta: o que meu público realmente quer ler? Nesse caso, que perguntas os pacientes fazem que poderíamos responder com conteúdo? Que problemas eles sequer sabem que têm e sobre os quais podemos, pelo conteúdo, apresentar?

2)      Focar apenas em um tipo de conteúdo

Quando falamos em conteúdo para web, não estamos apenas falando em textos. Temos que lembrar que conteúdo de web pode ser vídeo, imagens, jogos, áudio e muito mais. Há inúmeras possibilidades e pensar fora da caixa pode ser o diferencial que irá alavancar a sua empresa para o topo.

3)      Não mensurar o acesso ao seu conteúdo

Medir resultados é fundamental. Devemos ter em mente as métricas de Marketing de Conteúdo. Você precisa saber se o conteúdo produzido faz sucesso, está sendo acessado e por quem está sendo acessado. E mais, esses acessos são qualificados e convertem em contatos interessados, resultam em vendas? É possível identificar quais conteúdos são mais interessantes e em qual tipo de conteúdo deve ser investido.

4)      Esquecer o Google

SEO é fundamental. Conhecer e seguir as sugestões do nosso blog ou de qualquer outra fonte confiável de boas práticas de SEO, baseado no manual de boas práticas do próprio Google, irá garantir que a página seja bem posicionada nas pesquisas dos usuários. Estudos afirmam que 87% dos cliques se concentram nas primeiras páginas de pesquisa do Google. Estude SEO e utilize da ferramenta central para posicionamento em mecanismos de buscas: a produção de conteúdo!

5)      Copiar conteúdo dos outros

Além de desagradável, a cópia parcial ou inteira de conteúdos pode fazer com que o seu site seja penalizado pelo Google. Produza conteúdo original, contrate profissionais ou empresas especializadas para isso e confie que sua empresa irá se tornar uma autoridade no tema, não um plagiador.

Você conhece outros enganos possíveis de uma estratégia de conteúdo? Compartilhe com a gente nos comentários! 

Previous ArticleNext Article

This post has 7 Comments

7
  1. Olá, Emília! Curti bastante seu post, também trabalho com produção de conteúdo no meu blog. Achei este post no email da “Resultados Digitais” e resolvi ler por curiosidade. Parabéns!

  2. Emília, gostei muito do seu artigo!

    Felizmente fiz a maioria das reflexões que você sugeriu antes de ativar meu blog! rsrs…

    Eu foco em administração, porém, não fico escrevendo teorias que só chamam a atenção de administradores e olhe lá! Por isso, tento diversificar os temas e apresentar conteúdo que o usuário realmente possa utilizar em benefício próprio (como você fez com este texto).

    Creio que o problema que ainda preciso resolver é a url do meu site…quando criei, não parei para pensar que escrever meu sobrenome é difícil até para mim! Enfim, estou tentando encontrar uma maneira de alterar isso.

    Obrigado pela colaboração!!

  3. Pingback: Retrospectiva: os melhores conteúdos sobre Marketing Digital de 2013
  4. Emilia, você é muito chic!

    Quero começar uma carreira digital e estou mergulhada no mundo das pesquisas sobre conteúdo, principalmente, observando a forma como os blogs/sites se comunicam. Vejo muita falta de personalidade, quase parecendo que o único publico pretendido são os robôs do Google.

    A sua escrita é leve, mas comunica bem e com clareza. Você me deixou animada ao mostrar que se pode ter identidade e que a padronização de conteúdo não é a unica forma de se comunicar na cena online. Que bom!
    Já estou até te acompanhando no Facebook.

    Muito obrigada.

  5. Muito bom o poster, me ajudou demais parabéns! Estou começando agora e a maior dificuldade realmente é manter uma frequência de conteúdo de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.