Quem aqui não queria ter o ciclo de vendas de uma bombonière de cinema? O cliente já chega ao caixa pronto para pagar, e no fim geralmente compra pacotes maiores do que esperava tomando. Tudo isso em um ciclo de venda de cerca de 3min. Infelizmente, para a maioria das empresas, essa realidade é ainda utópica. Os ciclos de venda podem durar mais de um mês, exigindo muito treinamento do time de vendas para conseguir ensinar tudo que o cliente em potencial precisa saber para tomar sua decisão. Não seria muito mais fácil se todo mundo que chegasse ao seu vendedor já entedesse e própria dor?

No ramo de tecnologia, a dificuldade no momento de decisão pode ser ainda maior. Normalmente, a venda de uma solução tecnológica possui umciclo complexo, pois o produto ou serviço é extremamente específico – e o processo de compra muito racional. Esse processo envolve aprendizado, entendimento do que será contratado e definição de que aquilo é, de fato, o que o cliente precisa.

Sabe o que está faltando aí na sua empresa? Educação do seu lead. É por isso que o processo de vendas está tão longo. Você quer acelerar isso? Então, chegou a hora de fazer Marketing de Conteúdo. Com uma estratégia de conteúdo, é possível aumentar sua geração de leads, ganhar autoridade e gerar engajamento de potenciais compradores. Neste sentido, no post de hoje, planejamos responder a seguinte questão: o que empresas de tecnologia podem esperar de uma estratégia de Marketing de Conteúdo? Acompanhe e você descobrirá!

Marketing de Conteúdo nas empresas de tecnologia

O Marketing de Conteúdo nas empresas de tecnologia, como em qualquer outro segmento, é uma estratégia muito completa, que atua na atração, conversão, relacionamento e fidelização de leads e clientes.

Quem investe em uma estratégia de Marketing de Conteúdo não tem um custo, mas sim um gerador de receita. E as empresas de tecnologia, que atuam com vendas complexas, podem conquistar muitos benefícios ao elaborar uma estratégia de conteúdo. Isso porque, com uma ampla concorrência e produtos geralmente com alto ticket médio, elas podem ter no conteúdo uma maneira de se diferenciar, ganhando credibilidade e autoridade perante o seu público-alvo.

Por que investir em Marketing de Conteúdo?

Devido ao processo de vendas longo e muitas vezes custoso presente em empresas de tecnologia, investir em Marketing de Conteúdo é uma ótima opção. Basicamente, temos quatro grandes motivos para que você invista em uma estratégia completa de conteúdo:

1. Atração das pessoas certas

Não há tempo a perder, principalmente em vendas complexas. Neste sentido, o objetivo do Marketing de Conteúdo é entender quem é o seu cliente ideal (buyer persona) e compreender qual o caminho percorrido por ele até a decisão da compra (ou seja, entender a jornada de compra do seu cliente). Para isso, é necessário construir uma estratégia alinhada ao funil de vendas. Dessa maneira, você não perderá tempo com clientes que não tem o fit para o seu produto e poderá se dedicar àqueles que querem conhecer melhor sua solução.

2. Geração de leads qualificados

Gerar leads qualificados significa que você terá leads que realmente estão considerando soluções de mercado para o problema que enfrentam. Neste cenário, o Marketing de Conteúdo pode ajudar sua empresa de tecnologia a encurtar o ciclo de venda através de conteúdos educativos, que fazem com que o lead passe mais rapidamente para a segunda etapa do funil, a etapa de consideração, que é justamente quando geramos os leads qualificados. Com leads qualificados, sua equipe de vendas pode atuar mais assertivamente com clientes com verdadeiro potencial de compra, otimizando tempo e recursos.

3. Diferenciar-se da concorrência

Com a criação de material relevante dentro de uma estratégia de conteúdo bem planejada, seu negócio conquista uma posição de destaque na internet. E, em um mercado altamente competitivo como o de tecnologia, destacar-se é fundamental, principalmente quando você ainda precisa que o seu público entenda o que é a sua solução.

O Marketing de Conteúdo, na verdade, surge para sanar as dúvidas e problemas dos seus potenciais clientes e, para isso, utiliza-se de palavras-chave que podem se destacar nos motores de busca.

4. Criação de clientes evangelistas

O processo de compra não termina no fechamento na venda. Na verdade, ele continua na fidelização do cliente de maneira a criar um relacionamento de longo prazo. O objetivo é criar clientes evangelistas, aqueles que defenderão sua marca, aumentarão o seu ticket recorrente e também serão clientes na hora do cross-sell e upsell, importantíssimos para o seu time de vendas.

Agora que você compreendeu algumas estatísticas do Marketing de Conteúdo no segmento da tecnologia e os principais motivos para investir em uma estratégia, responderemos a seguinte questão: o que empresas de tecnologia podem esperar de uma estratégia de Marketing de Conteúdo? Quer saber a resposta? Então, vamos lá!

O que empresas de tecnologia podem esperar de uma estratégia de Marketing de Conteúdo?

A seguir, elencamos 6 situações que você pode esperar ao implementar uma estratégia de Marketing de Conteúdo completa – alinhada ao Inbound Marketing. São elas:

1. Educação do mercado

As vendas complexas das empresas de tecnologia, muitas vezes, exigem demais da equipe de vendas. Perde-se muito tempo – e recursos – para que o vendedor explique do que se trata a solução para só então partir para a parte de argumentação da venda. Ao trabalhar com uma estratégia de Marketing de Conteúdo, a educação do mercado ocorre de maneira orgânica e em uma velocidade maior. Em vez de fazer um discurso de vendas tradicional, a empresa adapta o seu discurso para mostrar como irá resolver as “dores” dos potenciais clientes, e o cliente, por sua vez, passa a entender mais sobre a tecnologia propriamente dita através dos conteúdos postados.

Além disso, o conteúdo passa a fornecer informações de valor agregado para os prospects e leads e isso gera envolvimento e engajamento. Quando há uma proposta de valor por trás da solução e da estratégia de conteúdo, a educação do mercado ocorre naturalmente e também o engajamento do consumidor, que passa a consumir cada vez mais informações antes de tomar sua decisão.

2. Diminuição do ciclo de venda

Atuando fortemente em conteúdos educativos, de aprendizado do cliente, o ciclo de vendas se torna mais curto, pois a equipe de vendas trabalha apenas com os leads que já foram preparados pela equipe de marketing. Segundo pesquisas, 55,78% das empresas de tecnologia já trabalham com a metodologia de Inbound Marketing alinhada ao Marketing de Conteúdo, pois isso diminui seu ciclo de venda para menos de 90 dias.

3. Custo médio por lead é menor

A estratégia de Marketing de Conteúdo é um investimento, não um custo. Isso porque as empresas que utilizam o modelo de Inbound Marketing e não de Outbound gastam muito menos. O custo médio por lead para quem tem uma estratégia de conteúdo assertiva é de R$ 48,71, enquanto quem continua nos modelos tradicionais tem um custo de R$ 108,00 (conforme o relatório Mar.Tech: Benchmarks de Marketing Digital para empresas de tecnologia).

Além disso, prospecções feitas através do Marketing de Conteúdo são muito mais qualificadas e melhores de converter, com um percentual de 7,34% contra 0,64% dos modelos tradicionais.

4. Aumento de autoridade no tema

Todo segmento tem uma autoridade ou um líder de mercado, não é mesmo? No segmento de empresas de tecnologia, não é diferente. Entretanto, por se tratarem de soluções e nichos específicos, essa liderança pode surgir de maneira mais natural, especialmente quando o Marketing de Conteúdo é utilizado. Se a sua empresa for única no mercado, o aumento de autoridade se dará de forma ainda mais acelerada.

Entretanto, mesmo não sendo única, você pode se diferenciar da concorrência ao criar uma estratégia de conteúdo regular e útil, dirigida para seus prospects e leads, destacando-se por sua qualidade e autoridade no assunto.

Essa autoridade, por sua vez, permite a construção de um relacionamento mais próximo com seus clientes, e é isso que gera credibilidade e confiança, fundamental para os consumidores atuais.

5. Geração de engajamento do potencial comprador

O engajamento de leads ocorre de maneira muito mais natural, orgânica e consistente quando se utiliza uma estratégia de conteúdo, tanto nas redes sociais como em blogs e outras plataformas. Pesquisas mostram que empresas de tecnologia que publicam em redes sociais tem 3,4 mais visitas em seu site e geram o dobro de leads em comparação às empresas que não publicam.

A publicação constante – alinhada a uma estratégia de conteúdo assertiva – é o que gera engajamento do potencial comprador. Isso quer dizer que não basta publicar, é preciso pensar em conteúdo rico e relevante. Neste sentido, pesquisas relevam que empresas que publicam material rico geram 3 vezes mais leads.

6. Tornar o Marketing um gerador de receitas

Por fim, é importante encarar a sua estratégia de Marketing de Conteúdo como uma máquina de gerar leads, ou seja, um gerador de receitas. O custo da metodologia Inbound em comparação às tradicionais é muito inferior e seus resultados são muito mais palpáveis. O necessário é criar um planejamento de Inbound Marketing e incluir uma boa estratégia de Marketing de Conteúdo, automatizando seus processos e contando com uma boa Plataforma de gestão de conteúdo.

Quer saber como a Plataforma da Contentools pode ajudar com a estratégia de Marketing de Conteúdo da sua empresa de tecnologia? Entre em contato com um de nossos especialistas!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.