Não é segredo que, atualmente, uma das melhores formas de fazer com que a sua empresa seja encontrada por potenciais clientes é através da internet. As opções de visualização são diversas, contudo, sabemos que a metodologia de Inbound Marketing é a melhor maneira de atrair potenciais clientes, pois leva em conta o comportamento do consumidor, suas necessidades e dores. Neste sentido, o Marketing de Conteúdo corresponde a aproximadamente 90% da estratégia, segundo a HubSpost, e por isso deve ser utilizado pelas empresas que desejam ganhar visibilidade na internet.

Uma estratégia de conteúdo é composta por diversos elementos e hoje vamos falar sobre um deles: os links patrocinados. Em específico, no post de hoje, vamos abordar o papel do link patrocinado em sua estratégia de conteúdo. Vamos lá?

O que é link patrocinado?

O link patrocinado é um recurso muito importante e extremamente útil para as empresas que desejam estar presentes na internet, ganhar visibilidade e atrair tráfego para o seu site ou blog.

Se você já fez alguma busca no Google, você deve se lembrar dos primeiros links que aparecem como opção para serem clicados, no topo da busca. Esses são o que chamamos de links patrocinados.

Eles levam esse nome porque são vendidos pelo Google, em um formato de leilão, para que você escolha as palavras-chave que mais combinam com o seu negócio e a oferta em questão e então apareçam nas buscas de quem digitar essas palavras-chave exatas. Neste cenário, quanto mais desejadas forem as palavras-chave, mais caros serão os lances para obtê-las.

Se você der um lance por determinada palavra-chave e ganhar o leilão, isso significa que quando um usuário digitar essa palavra-chave, o seu link aparecerá acima de todos os outros, até mesmo na busca orgânica (não paga).

Como funciona o Google AdWords?

Existem diversos locais onde você pode testar sua campanha de link patrocinado, como o Facebook, YouTube, Instagram e outras plataformas e mídias sociais. Contudo, os links patrocinados mais utilizados ainda são os da plataforma do Google AdWords. Por esse motivo, separamos um tópico para explicar como essa plataforma funciona.

Conforme afirmamos anteriormente, provavelmente você já fez uma busca no Google. Este é o motor de busca mais utilizado ao redor do mundo. Além disso, com o Google AdWords, a compra de palavras-chave permite diversas maneiras de segmentação de anúncios para alcançar todas as personas de sua estratégia de conteúdo. Dessa maneira, você irá atrair apenas potenciais consumidores.

É importante ressaltar que o Google separa as agências e profissionais confiáveis – que irão gerenciar os seus links patrocinados – dando a eles uma certificação. Para distingui-los, é só observar os links que aparecem na página principal com uma barra de cor diferente, bem no topo. Além disso, também existem os sites parceiros, que podem aparecer em diversos lugares, dependendo do tipo de anúncio escolhido.

Na hora de traçar uma campanha de link patrocinado, é preciso ater-se ao objetivo principal para conseguir buscar as palavras-chave ideais para o seu negócio. Destaca-se aqui a necessidade de levar em conta sua estratégia de conteúdo, as palavras-chave que você já utiliza e suas personas.

Quais as principais modalidades de link patrocinado?

Existem três modalidades principais quando se fala em link patrocinado. E cada uma possui suas singularidades e benefícios. Por isso, é importante entender um pouco melhor sobre cada uma delas antes de bolar sua campanha.

CPC (Cost Per Click, ou custo por clique)

Essa é a forma mais utilizada, pois o anunciante paga o preço estipulado por clique no anúncio. No Google AdWords, esse preço é estipulado pelo sistema de leilão, tendo um valor máximo, mas que não é obrigatório.

Uma das vantagens dessa modalidade está na visibilidade, que é alta. Além disso, o anunciante só paga para quem clicar no anúncio, de fato.

Essa modalidade deve ser escolhida pelo anunciante que tem como objetivo a conversão em compra, ou seja, o clique irá enviar o usuário para um formulário a ser preenchido.

CTR (Click Through Rate, ou taxa de cliques)

Essa modalidade representa a porcentagem de pessoas que clica em seu anúncio. É utilizada por anunciantes que desejam chamar a atenção da audiência para alguma peça publicitária ou algum conteúdo específico, levando o público a ter mais informações e detalhes sobre o assunto.

Essa é uma boa opção para quem deseja atingir usuários que já estão na fase final do funil, prestes a tomar sua decisão de compra e estão buscando tirar algumas dúvidas finais.

CPA (Cost Per Action, ou custo por ação)

Essa modalidade permite calcular mediante a conversão. Ela visa conversão em venda, e uma das vantagens é que a campanha foca na ação de escolha do anunciante. Além disso, o investimento é proporcional ao resultado obtido, potencializando o retorno.

Nesse tipo de modalidade, o pagamento só vai ocorrer se o usuário fizer a ação deseja. Ou seja, se o seu objetivo é que ele preencha o cadastro, o pagamento será em cima dos cadastros realizados. Ela é bastante utilizada em parcerias e programas de afiliados.

Por que investir em link patrocinado?

O link patrocinado é essencial em sua estratégia de conteúdo, pois ele potencializa a visibilidade do valor que você gera através de e-books, webinars e outros materiais ricos. Além disso, ele alavanca a visibilidade de ofertas e promoções e ajuda na conversão de leads ao solicitar inscrições e cadastramentos.

Para uma marca ser vista, ela precisa estar nos mecanismos de busca, principalmente no Google. O Marketing de Conteúdo por si só auxilia – e muito – na busca orgânica, mas sabemos que uma boa estratégia de Inbound Marketing é um mix de ações, ou seja, um equilíbrio entre mídia paga e orgânica.

Sua empresa precisa investir na visibilidade, pois quem não é visto não é lembrado. E ao optar por não investir em um link patrocinado, você pode estar desperdiçando a chance de converter diversos leads em consumidores fieis da sua marca. Além disso, seu concorrente pode estar agora mesmo participando de um leilão por uma palavra-chave que poderia ser sua e com isso, atraindo mais visitantes e gerando novos negócios.

Qual o papel do link patrocinado em sua estratégia de conteúdo?

Agora que entendemos o que é um link patrocinado, suas modalidades, como funcionam e sua importância, é fundamental compreender o papel do link patrocinado em sua estratégia de conteúdo.

A metodologia de Inbound Marketing não pratica ações isoladas, todas elas sempre estão em sintonia, conversando entre si. E com o link patrocinado associado ao conteúdo, não é diferente.

Muitas empresas, contudo, apesar de compreenderem a importância no link patrocinado, não o praticam da forma correta, cometendo alguns erros, citados pela HubSpot, como:

  • Tráfego a qualquer custo e a partir de qualquer canal, sem foco. Dessa maneira, não são gerados leads qualificados e não é possível fazer uma nutrição de leads assertiva.
  • Foco apenas na venda. Nesse caso não há sinergia entre a campanha de link patrocinado e a estratégia de conteúdo, resultando em um baixo ROI. Você sabe que o conteúdo precisa ser engajador e criar valor para os clientes, por isso não os desperdice em um link patrocinado com um discurso de vendas puro.

Uma campanha de link patrocinado que traga resultados precisa identificar as palavras-chave relevantes para a estratégia de conteúdo e para a estratégia de Inbound Marketing como um todo, pensando nos possíveis resultados de conversão, além de avaliar o custo de aquisição do cliente – ou seja, qual a melhor modalidade de link patrocinado e elaborar um budget mensal para esse elemento da estratégia – o link patrocinado.

Assim como no conteúdo, o link patrocinado precisa de tempo e dedicação para apresentar resultados positivos.

Segundo a HubSpot, mais de 40% dos cliques vão para os três primeiros resultados do Google. Isso quer dizer que o link patrocinado domina o tráfego dos visitantes. Entretanto, se o seu conteúdo não for relevante e nem útil para tais visitantes, não haverá conversão. E quando falamos de conteúdo, estamos nos referindo desde o conteúdo da peça publicitária até o conteúdo da página de redirecionamento. Todo conteúdo importa.

Além disso, atualmente os mecanismos de busca estão dando preferência para o link patrocinado, deixando os resultados orgânicos com apenas 14,8% do tráfego, enquanto o link patrocinado domina com 85,2%.

Isso quer dizer que para montar uma estratégia de conteúdo efetiva, você deve pensar no link patrocinado como um dos pilares. Ele será o chamariz para o seu conteúdo e o primeiro contato do visitante com seu negócio e a sua solução, por isso precisa ser bem pensado e elaborado. Entretanto, um não funciona sem o outro. É uma via de mão dupla. Por este motivo, ele está inserido dentro da sua estratégia de conteúdo e não é uma ação isolada. Sua estratégia precisa estar afinada com as necessidades e dores do seu público-alvo, assim como todos os estágios do funil de vendas.

Outro ponto a ser considerado é a otimização do conteúdo das landing pages (para onde o usuário será direcionado). Para isso, alinhe seu link patrocinado à sua landing page. Você pode fazer isso utilizando o mesmo texto da descrição do seu anúncio no primeiro parágrafo da sua página de destino. Além disso, utilize o mesmo título do link patrocinado no título da sua landing page. Conforme Neil Patel, isso deixará o link patrocinado e a landing page alinhados na visão do Google, tornando-o mais relevante e de qualidade.

Por fim, uma ótima dica é aproveitar o aumento do tráfego para fazer testes. Ao realizar campanhas de link patrocinado dentro de uma estratégia de Inbound Marketing, você pode fazer um monitoramento constante e ver o que está ou não funcionando na captação de leads, modificando o que for necessário em tempo real.

Utilize essa vantagem para extrair dados riquíssimos com os relatórios oferecidos pelo Google AdWords e Google Analytics, por exemplo. Contudo, para isso, você deve refletir e escolher seus KPIs com sabedoria, ainda na fase de planejamento da campanha. Seja objetivo e pense no que realmente importa para o seu negócio. Pergunte-se, por exemplo: essa landing page me trouxe quantos cadastros? Ou então: quais os conteúdos mais visitados e mais lidos do meu blog?

Esses dados tornarão possível a criação de novos conteúdos ainda melhores, mais relevantes e que colaborarão para a geração de mais leads qualificados, otimizando o desempenho de suas landing pages e aprimorando o ROI de sua campanha de link patrocinado.

Este post foi útil para você? Se deseja saber mais sobre como alavancar sua estratégia de conteúdo, continue acompanhando nosso blog! Para automatizar sua estratégia de conteúdo e aliar-se a profissionais de conteúdo especializados, conheça a Plataforma da Contentools: entre em contato conosco!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.