Recentemente foi divulgada uma lista com as empresas que têm maior sucesso na internet. O índice considerou as visitas, compartilhamentos e a repercussão do marketing de conteúdo que essas empresas divulgam. Esse tipo de ranking nos deixa curiosos em saber: afinal, o que as melhores têm em comum?

Todas essas empresas produzem o tipo específico de conteúdo que leva em conta tanto os usuários quanto as ferramentas de busca. Elas visam posicionar seus sites nos locais mais altos dos resultados de busca e também engajar os consumidores de suas marcas.

Marketing de conteúdo pode ser definido como um apelo, um processo que lembra mais o movimento de puxar que o de empurrar. É a oferta de um material voltado a ajudar as pessoas a resolverem seus problemas, responderem suas dúvidas e que tem, como principal objetivo, atrair, adquirir e engajar um público-alvo bem definido.

Mas como desenvolver uma estratégia de marketing de conteúdo de sucesso? Existem passos básicos que devem ser seguidos para começar uma campanha do zero. Vamos a eles:

Passo 1: pesquise o segmento de clientes

Para começar, os empresários ou responsáveis pelo marketing digital devem identificar e segmentar a audiência, composta tanto pelos clientes atuais quanto pelos consumidores em potencial que interessam à empresa.

Uma forma interessante de fazer isso é desenvolver personas, personagens que representam o cliente médio. Dessa forma torna-se mais fácil dirigir para personalidades consolidadas aquelas mais variadas preferências de quem consome seus produtos e serviços. Em seguida, desenvolva aqueles pontos chave, as principais dúvidas levantadas e as principais informações solicitadas ao longo do ciclo de compra ou contratação. Algumas perguntas podem ajudar a criar personas. Claro que essas ações exigem esforço e expertise para conseguir abranger todos os seus segmentos de clientes.

Passo 2: determine objetivos

Agora que você já sabe quem é seu público leitor, o segundo passo é determinar seus objetivos de comunicação de acordo com as necessidades da sua marca.

Uma tática que funciona na hora de delimitar esses objetivos é o clássico indicador chave de desempenho conhecido como SMART. A sigla, em inglês, determina as características básicas de qualquer objetivo, que precisa ser:

– Específico: o que exatamente queremos atingir? Por quê? Quem estará envolvido? Inclua o máximo de detalhes possíveis.

– Mensurável: qual o tamanho? Quanto irá custar?

– Atingível: como podem ser atingidos? Aproveite para definir metas para chegar lá.

– Relevante: o objetivo vale a pena? Ele está de acordo com nossas outras metas?

– Temporal: quando será realizado? O que posso fazer hoje? E daqui a seis meses?

Responda essas perguntas quando estiver pensando nos objetivos de sua estratégia de marketing de conteúdo.

Passo 3: Identifique os temas e a mensagem

O próximo elemento da fórmula é identificar o tema e a mensagem em si, que deve ter o objetivo de atrair, oferecer soluções e, por fim, engajar seus clientes. Tema e mensagem juntos devem educar, entreter e encantar a fim de construir relações de confiança. Ao mesmo tempo, eles podem servir como ferramenta de reflexão para a empresa e auxiliar na promoção dos produtos e serviços relacionados à marca.

quote1Conteúdo relevante e valioso é capaz de chegar a um público-alvo e oferecer soluções de uma marca em relação ao que os clientes estão procurando, portanto promove produtos da empresa. O ciclo de compra é um fator muito importante que você deve levar em conta também, assim como as variadas necessidades expressas em diferentes momentos pelos compradores.

No caso específico de lojas virtuais ou de quem trabalha com fechamento de vendas online, os profissionais de marketing digital costumam preferir conteúdos segmentados de acordo com as categorias do site, do produto ou serviço. A combinação da persona do cliente com as características e o estágio do ciclo de compra pode orientar a geração de conteúdo ao mesmo tempo atraente e convincente.

Passo 4: pesquisa de palavras-chave

Agora é hora de focar nas palavras-chave e termos específicos de interesse do seu público. É, de fato, um processo demorado, que inclui análise competitiva das palavras-chave, investigação e análise das expressões relevantes para o ciclo de compra e para a atração de público qualitativo.

Como seu público-alvo articularia suas necessidades em termos de palavras-chave? As consultas utilizadas pelo seu público-alvo devem ser usadas como palavras-chave dentro do seu conteúdo, a fim de conduzir volumes elevados de audiência relevante ao processo de compra. Pense novamente nas personas que você criou no primeiro passo.

Passo 5: crie o conteúdo

O próximo passo é produzir o texto, infográfico ou vídeo que representa a mensagem que você delimitou no passo 3. Mais uma vez, o conteúdo final deve ser uma obra de arte, atingindo o cliente exatamente quando e onde ele precisa. Conteúdo relevante visa educar as pessoas, torna os clientes mais conscientes sobre a marca e o mercado em que ela atua e gera confiança. Torna-se elemento significativo para a conquista de novos clientes.

quote2Portanto, tente focar no que você considera como conteúdo educativo e atraente. Os leitores não querem se deparar com conteúdo desleixado que parece fácil e muito “vendedor”. Lembre-se da fórmula dos virais e do que evitar.

Pense em temas que realmente agreguem algo à audiência. Sabe aquele amigo chato que só fala de si mesmo nas festas? Eu fiz isso, eu conquistei aquilo, eu passei as férias em tal lugar, eu, eu, eu… Ninguém quer esse cara por perto. E sua empresa não quer ser esse cara.

Passo 6: promova seu conteúdo

O próximo passo é promover seu conteúdo. Afinal, de que outra forma seu público vai ficar sabendo sobre seu blog sem assinar seu RSS ou checar seus updates nas mídias sociais? O marketing de mídia social e de influência tem papel central para atingir esse alvo. Especialistas em marketing ajudam as marcas a se conectar com pessoas que influenciam a mídia social e distribuem conteúdo que é compartilhado por todos. É uma forma de atingir milhões de consumidores com o conteúdo que você produz.

Existem várias redes sociais disponíveis para fornecer conteúdo ao grande público. Entre as várias plataformas de mídia social, quem trabalha com e-commerce considera o Facebook como a solução de marketing online mais eficaz, seguida pelo Twitter, YouTube e Pinterest. Claro que a opção varia de acordo com a natureza do seu negócio.

Passo 7: observe o resultado

O último passo é a mensuração dos esforços por meio de indicadores chave de desempenho (da sigla em inglês KPIs). Mais uma vez, todo o empenho em marketing de conteúdo deve ser medido, a fim de identificar o grau de sucesso e, assim, as mudanças necessárias para melhorar a estratégia. Há vários KPIs que os especialistas em marketing digital usam para medir o impacto do conteúdo. As métricas dependem dos objetivos que você traçou para seu marketing de conteúdo e devem ser executadas em paralelo a eles. Entre as principais métricas estão:

– Tráfego do site e número de views;

– Qualidade das leads;

– Quantidade de leads versus vendas e negócios fechados;

– Perguntas e feedbacks de clientes;

– Desempenho em ferramentas de busca;

– Engajamento nas mídias sociais;

– Links mais acessados e outros.

Com base nos KPIs, especialistas em marketing costumam eleger as vendas e receita, o tráfego no site, a qualidade das leads e o feedback de clientes como os mais fortes indicadores para medir o desempenho do conteúdo.

 

Agora é repetir!

Com base no desempenho do marketing de conteúdo, a melhoria contínua deve ser feita a partir de cada um dos sete passos. Ou seja, após a mensuração dos resultados e a identificação de problemas, um novo ciclo do mesmo processo deve ser repetido, começando a partir da identificação de um novo tema ou mensagem para a campanha.

Conclusão

Como resultado, levando em conta o fato de que esta fórmula pode efetivamente corresponder às expectativas do seu marketing digital a fim de criar estratégias de conteúdo de sucesso, a lógica do processo deve respeitar as necessidades singulares da sua empresa.

Uma combinação de táticas de marketing de conteúdo e otimização para ferramentas de busca, todos incluídos nesta fórmula, podem melhorar a visibilidade de busca orgânica de sites empresariais, principalmente os voltados para o público geral.

O que você acha?

Você acha que essa fórmula reflete os passos de uma estratégia de marketing de conteúdo de sucesso? Adoraríamos saber sua opinião! E a gente promete não deixar comentários sem resposta. 😉

call-to-action-mkt-de-conteudo

 

Previous ArticleNext Article

This post has 6 Comments

6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.