Toda empresa precisa de conteúdo. Ele permite que a marca da organização se destaque em meio a tantas opções e diversidade na web. Mas para deixar esse conteúdo poderoso, é necessária uma boa equipe. Segundo o CMI, a demanda por redatores cresceu em torno de 320%. Porém, um conteúdo não depende apenas de redatores. Além deles também precisamos de um editor ou ainda de um content manager.

Muitas empresas, contudo, se perdem na hora da contratação desses profissionais e ficam em dúvida sobre suas atribuições, como negociar, qual o valor médio pago e quais as qualidades a serem buscadas a fim de tornar seu fluxo de produção realmente eficiente.

O marketing de conteúdo é um conceito novo para muitas empresas e é natural não saber como realizar sua primeira negociação com esses profissionais. Pensando nisso, a Contentools decidiu dar algumas dicas sobre como negociar com um profissional de conteúdo. Vamos lá?

O que é um profissional de conteúdo?

Com o advento do Inbound Marketing, novas demandas foram surgindo e consequentemente novas oportunidades de carreira na internet também. O conteúdo tornou-se rei. E com ele, surgiram as funções de criação, edição e gerenciamento de conteúdo – redator, editor e content manager, respectivamente.

Para quem utiliza a plataforma da Contentools, temos uma base de dados com os mais diversos redatores especialistas, editores que dominam SEO, gramática e ortografia, e content managers, que cuidam para que tudo isso esteja sendo atendido e para que o calendário editorial e a estratégia da empresa sejam respeitados. Esses são os profissionais de conteúdo que podem fazer o seu blog alavancar.

perfil redatora

Qualidades que um profissional de conteúdo deve ter

Obviamente você, como empresa, tem qualidades em mente na hora de contratar um profissional para sua equipe, não é mesmo? Com os profissionais de conteúdo não é diferente. Você terá a seu dispor suas biografias e experiência de trabalho e poderá agendar uma call para conversar mais a respeito do que você precisa e do que ele pode oferecer. Contudo, você deve prestar atenção em algumas características profissionais, como as seguintes:

  • Marketing: Você vai querer um profissional que tenha experiência com marketing e que possa criar um conteúdo que irá alavancar sua estratégia e vender suas produções e serviços através do conteúdo, alimentando seu blog e ajudando a criar uma marca respeitável. O profissional precisa compreender quem é o seu público-alvo, que tipo de conteúdo é interessante para ele e atender suas necessidades e interesses. Por esse motivo, redatores e editores om experiência no seu ramo de negócio são os mais indicados.
  • SEO: A otimização de um texto vale ouro. Você quer que seus textos incorporem as palavras-chave de maneira criativa para ajudar a classificação do seu site nos principais motores de busca. Por isso, os profissionais de conteúdo precisam compreender as regras de otimização do Google e trabalhar dentro dos parâmetros para criar conteúdos memoráveis que irão afetar o SEO do seu site de maneira positiva, fazendo-o economizar tempo e dinheiro. O redator precisa compreender essa necessidade, e o editor e o content manager precisam garantir que sua estratégia está sendo atingida.
  • Publishing: Você precisa de profissionais que tenham experiência com escrita web para criar conteúdos que envolvam o leitor. Tanto o editor como o content manager também precisam ter experiência com escrita web e não apenas com revisão gramatical e ortográfica. O seu blog precisa ser um recurso de qualidade quando se trata de conteúdo, contendo informações úteis.

Qualificações do profissional de conteúdo

Por serem profissões relativamente novas, é possível que você não esteja familiarizado com as funções dos profissionais de conteúdo. Por isso, separamos um tópico para abordar um pouco as qualificações necessárias de cada um:

Redator

  • Experiência de pelo menos 6 meses com produção de conteúdo
  • Certificações de Marketing Digital (como a de especialista em Inbound Marketing da Hubspot)
  • Especialização em Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing
  • Domínio de inglês e/ou espanhol
  • Domínio do assunto a ser abordado nos conteúdos

Editor

  • Experiência de pelo menos 1 ano com produção e edição de conteúdo
  • Certificações de Marketing Digital (como a de especialista em Inbound Marketing da Hubspot)
  • Especialização em Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing
  • Habilidades como boa comunicação
  • Domínio de inglês e/ou espanhol
  • Conhecimento de plataformas e ferramentas de publishing

Content Manager

  • Experiência de pelo menos 2 anos com produção, edição e gestão de conteúdo
  • Certificações de Marketing Digital (como a de especialista em Inbound Marketing da Hubspot)
  • Especialização em Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing
  • Certificações ou conhecimentos em Métricas (Google Adwords, Facebook Ads, etc.)
  • Experiência com gerência de projetos (planner)
  • Habilidades como boa comunicação e liderança (no caso de gerir uma equipe)
  • Noções básicas de design
  • Domínio de inglês e/ou espanhol
  • Conhecimento de plataformas e ferramentas de publishing
  • Habilidade para confecção de relatórios periódicos relativos à performance do conteúdo

O que influencia no valor do conteúdo

Alguns fatores influenciam no valor que será cobrado pelo conteúdo, o que pontuamos são exemplos e devem ser negociados entre o profissional e a empresa. São eles:

1. Tipos de conteúdo que irá produzir (whitepaper, e-book, blog post, social post, etc.): Cada tipo de conteúdo é precificado de maneira diferente.

2. Tamanho, em número de palavras, dos conteúdos (exemplo: Blog post – 700 palavras): Dependendo do tamanho do conteúdo, o preço poderá variar.

3. Nível técnico necessário para produção do material: O valor do conteúdo é estipulado por categorias – assuntos – e também pelo nível do redator, editor e content manager. Quanto mais especialista for o profissional, maior poderá ser o valor.

4. Quantidade mensal de produção: Obviamente, quanto maior a produção, maior será o montante principal pago. Contudo, os profissionais de conteúdo tendem a cobrar um valor por peça menor caso seja fechado um pacote de produção mensal.

5. Tempo médio de produção dos conteúdos: É importante destacar que caso você queira que o conteúdo fique pronto em menos tempo, isso pode influenciar no valor da produção (no caso, estamos nos referindo à produção por parte dos redatores).

Recomendações na hora de contratar um profissional de conteúdo

Na Contentools, temos um manual a ser levado em consideração, com algumas recomendações para a hora de contratar um profissional de conteúdo.

A escolha do profissional de conteúdo

Na Plataforma da Contentools é possível encontrar perfis de profissionais a partir das categorias de produção, idiomas, funções e formato que produzem. Recomendamos que a procura dos profissionais seja principalmente realizada por meio das categorias de produção.

Por isso, leia um pouco de sua biografia e um exemplo de produção que ele já tenha feito. E claro, se precisar de ajuda, conte conosco!

find professional

A seleção do profissional de conteúdo

O convite para o redator, editor ou content manager é realizado por meio da plataforma go.contentools.com. Basta você entrar em “Time”, “Encontrar profissionais” e abrir o perfil do profissional que você deseja selecionar.

A participação do profissional no projeto só será confirmada a partir da negociação de produção, prazos e valores, que deve acontecer por e-mail dentro de 48 horas após o convite. Durante essa negociação, é importante discutir os seguintes tópicos:

a) detalhes sobre a empresa e estratégia de conteúdo;

b) áreas de conhecimento do redator;

c) produção mensal esperada do redator;

d) tipos de conteúdo a serem trabalhados;

e) negociação de preços;

f) negociação de prazos;

g) possibilidade da emissão ou não de Notas Fiscais ou invoices.

A gestão de produção e pagamentos do profissional de conteúdo

Também é interessante que a comunicação com os outros profissionais da equipe tenha sempre o ponto de contato do editor/content manager. Eles auxiliam na centralização da comunicação entre cliente e time de produção.

Caso você opte por contratar um content manager, ele irá auxiliar com a gestão de produção e com um relatório financeiro sobre os pagamentos dos membros presentes no time.

Além disso, você deve levar em consideração os seguintes aspectos:

  • Caso o volume mensal prometido ao redator não venha a se concretizar, é necessário renegociar os valores da produção com os profissionais de conteúdo.
  • Sugerimos que os pagamentos aos profissionais sejam realizados mensalmente ou quinzenalmente.
  • Recomendamos que os prazos combinados sejam mantidos durante o decorrer de toda a produção: os profissionais de conteúdo trabalham de acordo com uma expectativa mensal de volume de trabalho e pagamentos.
  • Em caso de inadimplência com a Comunidade Contentools, o cliente terá seu acesso à plataforma bloqueado.
  • Em caso de demissão de um profissional Contentools, prévio ao desligamento do profissional do projeto, o pagamento do total dos conteúdos aprovados e em espera de aprovação precisa ser realizado.

Você tem alguma dúvida que não foi respondida aqui? Deixe seu comentário abaixo ou entre em contato!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.