O blog, para a maioria das empresas, é considerado uma ferramenta de marketing. O que está corretíssimo. Contudo, muitas empresas medem o ROI de todos os seus canais e esforços de marketing, mas não investem seu tempo para entender e mensurar o valor do seu blog. Isso ocorre por que a maioria das empresas não compreende – de fato – que mensurar o valor do blog auxilia a tomar decisões de investimento ou desenvolvimento no blog, auxilia no ajuste da estratégia para torná-lo mais eficaz e eficiente, ou até mesmo para entender se os seus esforços não estão surtindo efeito algum e é preciso repensar tudo de novo.

No post de hoje, vamos responder à seguinte questão: como mensurar o valor do seu blog? Entretanto, antes de chegar a essa resposta, precisamos compreender por que mensurar o valor do seu blog. Vamos lá?

Por que mensurar o valor do seu blog?

Ao mensurar o valor do seu blog você consegue obter mais informações importantes para sua estratégia de marketing de conteúdo. É possível analisar os dados obtidos com a mensuração e compreender se ajustes são necessários, onde você está pecando e onde é necessário mais desenvolvimento. A mensuração do valor do seu blog serve como um ponto de partida para navegar no mundo do marketing.

O que levar em conta na hora de mensurar o valor do seu blog?

A seguir, elencamos alguns fatores importantíssimos na hora de mensurar o valor do seu blog. Veja:

1. Acompanhe o custo de desenvolvimento de conteúdo

Essa tarefa pode parecer um tanto complicada e realmente pode ser, principalmente se você trabalhar com freelancers para a criação e produção de conteúdo. Nesse cenário, o primeiro pensamento pode ser que os honorários desses profissionais são o seu custo direto mais óbvio. Contudo, ainda temos os revisores que também são um custo, um custo que deve levar em conta o tempo, caso o revisor seja in-house.

O que queremos dizer é que para medir o custo de desenvolvimento de conteúdo, é preciso levar em conta os honorários de todos os freelancers envolvidos, o custo e o tempo de todos os colaboradores internos envolvidos e outros custos que possam haver e que estejam relacionados ao desenvolvimento do conteúdo.

Também é muito importante contabilizar o tempo gasto por profissionais internos que têm responsabilidades na produção de conteúdo do blog. Você precisa conseguir mensurar a quantidade de tempo que eles passam trabalhando em atividades relacionadas ao blog durante o mês.

2. Calcule o custo por visita

Agora que você sabe quanto custa para manter seu blog, ou seja, para desenvolver o conteúdo, é preciso saber quanto você gasta pelo tráfego gerado, em outras palavras, o custo por visita. Se você investe em promoção de posts através do PPC (Pay-per-click) ou gasta com outros tipos de divulgação e atividades relacionadas, é preciso contabilizá-las nos custos.

Aqui, é importante que você some o custo de desenvolvimento e promoção de conteúdo e divida pelo número de visitas ao longo do período. Assim, você encontrará o custo por visita do seu blog. Aproveite e também calcule o custo por visitante único, uma medida muito importante para esforços de marketing futuros e para sua estratégia de marketing de conteúdo.

3. Determine o rendimento de cada visita

Quanto cada visita traz de rendimento para o seu blog? Se você ganha dinheiro com publicidade ou vendas, é necessário calcular seus lucros totais mensais e dividir esse valor pelo número de visitas durante esse mesmo período.

Muitos blogs não possuem anúncios ou vendas, pois seu objetivo é converter os visitantes do blog em vendas de seus próprios produtos ou serviços. Se esse é o seu caso, é interessante utilizar a análise para determinar como seus visitantes concluem uma transação comercial e a receita de cada transação. Sabemos, no entanto, que o funil de vendas não é assim tão simples e que uma visita não irá necessariamente se converter em cliente. Por isso, para mensurar o rendimento de cada visita, você pode acompanhar quantos visitantes realmente acabam na página de contato e descobrir o valor médio de um novo cliente; você pode utilizar esse valor descoberto como o valor das conversões.

Por fim, sabemos que o objetivo de marketing de conteúdo pode ser o estabelecimento da marca, a geração de autoridade. Para conseguir mensurar essa questão, é preciso focar no custo por visitante e assim você consegue determinar se o investimento está rendendo os resultados esperados.

4. Lembre-se do valor do conteúdo em si

Como é possível reutilizar os conteúdos do blog para e-books, mídias sociais, newsletters e outros tipos de conteúdos ricos, é importante calcular o custo e o valor desses outros tipos de usos para obter um panorama completo do sucesso do seu blog em relação aos esforços em marketing de conteúdo e marketing como um todo.

O que fazer depois de mensurar esses fatores?

Após mensurar todos esses fatores, você deve subtrair o custo por visita da receita bruta por visita e assim você terá o valor real de cada visita. Com esses dados, você consegue avaliar sua estratégia global de conteúdo e verificar se precisa fazer ajustes, se precisa continuar no caminho que está, se pode crescer e conduzir mais tráfego para o seu blog.

O que também pode ser levado em conta na hora de mensurar o valor do seu blog?

Agora que sabemos quais fatores devemos utilizar para mensurar o valor do seu blog, é importante ressaltarmos que há outros fatores que podem ser levados em consideração. Veja:

  • Posição no Google: fatores como SEO e ranking de palavras-chave também podem ser fatores de grande influência no valor final do blog, pois são importantíssimos para os resultados de busca no Google. É importante incluir os custos para obter esse ranqueamento e o ganho obtido.
  • Empresa: é possível levar em conta o valor dos ativos da empresa que está por trás do blog, que inclui ganho com clientes, vendas offline e outras questões associadas. Devem ser levados em conta alguns custos, com serviços do contador e impostos.
  • Produtos próprios: outra forma de monetização é a venda direta de produtos e serviços, sem depender de programas afiliados. Nesse caso, entrará no valor de ganhos do blog, somando-se aos outros fatores da receita bruta.

3 ferramentas para mensurar o valor do seu blog

Agora elencamos 3 ferramentas que podem te auxiliar a mensurar o valor do seu blog. São elas:

  1. My website worth: é uma ferramenta gratuita utilizada para calcular o valor do blog, ela inclui gráficos bem intuitivos.
  2. How much is my website worth: essa também é uma ferramenta gratuita utilizada para calcular o valor do blog.
  3. Web Site Value: essa ferramenta é uma das preferidas dos blogueiros.

Por que o conteúdo é importante para agregar valor ao seu blog

Sem dúvida, o blog é uma ferramenta de baixo custo. Aliás, com um ótimo custo-benefício, que permite manter seus clientes atualizados sobre o seu negócio e ainda atrai possíveis clientes e oportunidades para sua empresa.

Ao mensurar o valor do seu blog, você consegue compreender como as pessoas estão se engajando com seu blog e como utilizar melhor o conteúdo para ganhar e reter clientes. Em um sentido mais abrangente, você pode dirigir o tráfego, alcance, influência e engajamento. Contudo, é importante ressaltar que um blog não é nada sem o conteúdo. Ele é a alma do blog, o que realmente vai atrair e proporcionar o tráfego, alcance, influência e engajamento.

As pessoas querem informações antes de tomar decisões de compra, querem entender melhor um serviço, avaliar se o produto responde às suas necessidades. O conteúdo (de qualidade e com a frequência ideal) vai responder a essa demanda, ajudando o leitor do seu blog e tornando-o um leitor assíduo e posteriormente um cliente. É por isso que o conteúdo é a alma do blog. Provavelmente há centenas de informações sobre o que o leitor procura na internet. Mas as informações são boas? Completas? Ajudam o leitor? Se a quantidade é grande, mas a qualidade é baixa, é aí que o seu conteúdo entra: preenchendo um espaço vazio e se diferenciando da concorrência.

Um conteúdo de qualidade permite uma maior conexão com os leitores e a construção de um relacionamento. Esse relacionamento permite a venda dos seus serviços e produtos para os clientes – ele começa com o compartilhamento de conteúdo, cresce com os comentários e trocas de e-mail e, em seguida, com o conteúdo certo, você vai conseguir vender seus serviços e produtos.

A realidade é que um conteúdo que apenas está lá para preencher uma página não fornece valor para os leitores e isso irá afetar o seu ranking no Google e, por consequência, o valor do seu blog como um todo. Mas, quando o conteúdo é de qualidade e ajuda seus leitores a conquistar um objetivo, você está entregando valor para as pessoas, está entregando o que elas procuram e, por isso, o valor do seu blog irá às alturas.

Este post foi útil para você? Se você percebeu que o conteúdo é muito importante para aumentar o valor do seu blog, comece hoje mesmo sua estratégia de conteúdo: fale com um dos especialistas da Plataforma da Contentools!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.