O Google é, sem dúvidas, a maior ferramenta de buscas do mundo. Grande parte dos usuários o utiliza para encontrar resultados relevantes para suas pesquisas. Com o Google Adwords, as empresas podem pagar por um anúncio e ocupar um lugar de destaque entre os resultados da pesquisa, nos campos acima dos resultados orgânicos e na lateral direita da página.

O que é o Google Adwords?

[tweetable alt=””]O Google Adwords é um serviço de anúncio de links patrocinados do Google[/tweetable] e tem como finalidade disponibilizar um espaço nas páginas de busca do site para anunciantes que desejam exibir seus produtos e serviços para bilhões de usuários. Mais do que isso, o Adwords tem o poder de associar o anúncio com o cliente potencial que cada empresa procura. Após o usuário escrever uma palavra-chave no campo de busca, os resultados aparecem com anúncios que possuam conexão com o que foi pesquisado.

Além dos mais tradicionais anúncios em texto, os anúncios podem ter outros formatos e serem visualizados em outras páginas da rede de conteúdo Google. [tweetable alt=””]O Adwords tem o poder de veicular a mensagem certeira para o público que interessa cada empresa de forma específica.[/tweetable]

Como funciona o Google Adwords?

Após o usuário fazer uma pesquisa no Google, são mostrados os resultados tradicionais e, além deles, ficam em destaque os links patrocinados na lateral direita e parte superior da página. Para utilizar os serviços, basta ter uma conta no Google Adwords.

Após entrar no site do serviço, você precisa selecionar as palavras-chave que se relacionam com a empresa, produtos e serviços. Em seguida, escrever o anúncio da forma que se deseja que ele apareça para os usuários. Dessa forma, se um usuário digitar uma das palavras-chave, o seu anúncio pode ser mostrado.

Após criar um anúncio, é possível gerenciá-lo desfrutando dos diversos recursos disponibilizados pelo Adwords. Entre eles, há visualização e acompanhamento dos cliques, visitação, receitas geradas e desempenho geral do anúncio.

Os algoritmos que aumentam a qualidade do anúncio

Os fatores que ajudam o bom posicionamento de um anúncio no Google são: o lance máximo por CPC (Custo Por Clique) definido pelo usuário, índice de qualidade da página de destino e do anúncio e informações adicionais, como telefone e endereço. Se você está na rua e faz uma pesquisa por um certo tipo de loja no Google, é mais provável que você opte pela mais próxima, que exiba informações como endereço e telefone. Clicar no anúncio desse local é mais comum por permitir telefonar no mesmo momento ou ir até ela.

Com a mudança de algoritmo no final de 2013, é importante saber quais são as novas importantes extensões de anúncio para que qualquer empresa configure a campanha corretamente:

Extensões de localização: são as informações responsáveis por indicar a localização da empresa no mapa, seu endereço e telefone. Isso pode ser feito manualmente ou no Google Places.

Como funciona o Google Adwords?

Extensões de chamada: também auxiliam na usabilidade do usuário, pois é exibido em dispositivos móveis e permite clicar no ícone e fazer a ligação para o local com facilidade.

Como funciona o Google Adwords?

Sitelinks: são os seis links, no máximo, que aparecem após a descrição do site. Esses atalhos podem ajudar os potenciais clientes a entrarem nas páginas que estão procurando com mais rapidez, e não na página inicial.

Como funciona o Google Adwords?

Informações de redes sociais: informações de redes sociais podem ajudar um usuário a ter mais credibilidade numa empresa. Páginas do Google+ com mais de 100 seguidores podem ser exibidas no anúncio.

Como funciona o Google Adwords?

Classificação: as avaliações feitas pelos clientes recolhidas pelo Google Shopping também podem ser mostradas no anúncio para transmitir maior credibilidade.

Como funciona o Google Adwords?

Como escolher as palavras-chave:

  1. Antes de tudo, é importante pensar como um possível cliente na hora de organizar a lista de palavras-chave. [tweetable alt=””]Pense no seu tipo de negócio e quais são as principais palavras que os clientes usariam na hora da pesquisa.[/tweetable] Uma loja de artigos de balé pode incluir palavras-chave como “sapatos de dança”, “sapatilhas” ou marcas e produtos que são comercializados em sua loja, como “Capézio” e “Só Dança”.
  2. Palavras-chave muito específicas (long tail) são mais baratas para anunciar porém possuem um menor volume de pesquisa, o que faz com que a campanha possa não alcançar um grande número de pessoas. [tweetable alt=””]Para atingir pessoas em maior quantidade, o ideal são as palavras-chave mais abrangentes.[/tweetable]
  3. [tweetable alt=””]Criar grupo de anúncios é uma boa alternativa para que pessoas que buscam um termo semelhante também vejam a sua campanha.[/tweetable] Para isso, agrupe as palavras-chave e anúncios em grupos para que tudo fique agrupado em temas. Por exemplo, uma loja que vende sapatos pode criar um grupo para sapatos para esporte e outro grupo para sapatos para noite. O primeiro pode incluir palavras-chave como “tênis para corrida” e “tênis para caminhada” e o segundo “sapatos para festas” e “sapatos elegantes”. Dessa forma, pessoas que procuram por palavras-chave desse grupo de anúncio podem visualizar a sua campanha.
  4. O recomendado é utilizar de cinco a 20 palavras-chave em cada grupo de anúncios, embora esse número possa ser maior. Não é necessário adicionar variações com erros de ortografia ou palavras no plural. Além disso, palavras-chave formadas por duas ou três palavras costumam ser mais eficientes.
  5. O Planejador de palavras-chave do Adwords é uma poderosa ferramenta para encontrar novas palavras-chave e visualizar a média de pesquisas mensais de cada uma.

[tweetable alt=””]Principais benefícios do Adwords[/tweetable]

  • Agilidade e facilidade: os anúncios podem ser de alcance nacional ou internacional e podem ser realizados e finalizados em apenas alguns minutos;

  • Controle de custos: o anunciante pode ter um controle total sobre o orçamento que será utilizado durante a campanha, assim como controle sobre o desempenho dos anúncios;
  • Conhecimento: o Adwords também auxilia empresas ao oferecer um enorme volume de dados sobre o comportamento dos usuários com as características que lhe interessa, bem como dados sobre o mercado.

Com o tempo, a empresa que produz conteúdo relevante passa a ter resultados nas buscas orgânicas, 80% mais relevantes que os anúncios. O Adwords pode ser utilizado para promover conteúdos e gerar mais conversão. O que faz do Adwords um grande aliado do marketing de conteúdo é o fato de ele criar um atalho para empresa e fazer com que ela tenha o seu conteúdo disponibilizado na internet de maneira instantânea. Isso elimina as etapas de aguardar que o Google rastreie o conteúdo e faz com que a empresa seja imediatamente exibida nos resultados de pesquisas.

Você tem alguma experiência com o Google Adwords? Compartilhe com a gente e deixe sua opinião nos comentários!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.