São muitos os objetivos que o Marketing de Conteúdo ajuda a atingir: desde gerar oportunidades de negócio até conquistar uma audiência engajada. Nesse aspecto, validar hipóteses e tirar uma ideia do papel também pode ser feito através de conteúdo. Quer saber como? Acompanhe abaixo o caso real do fundador de uma empresa de cursos e consultoria.

Como usar conteúdo para tirar uma ideia do papel

“Se alguém me falasse há dois meses que eu lançaria um curso on-line para apoiar pais e mães a melhorarem o relacionamento com seus filhos e que mais de sessenta pessoas pagariam por esse curso eu não ia acreditar. Mas foi exatamente o que aconteceu. Agora, como tudo isso começou?

Em Junho de 2013 eu resolvi criar o blog Conexão Pais e Filhos para compartilhar minha experiência de ser pai e de me relacionar com meus filhos. Eu havia feito um curso presencial e alguns cursos on-line que me fizeram mudar a maneira como encaro meu papel de pai. Ao invés de controlar o comportamento dos meus filhos, entendi que o meu papel era de manter uma conexão tranquila para que eles pudessem explorar o mundo de maneira segura, curiosa e ativa. Minha vida mudou. Meu relacionamento com eles e com minha esposa se transformou e a partir daí resolvi dividir isso com mundo.

Conexão Pais e FilhosDecidi publicar um texto por semana e divulgar essas publicações através de uma fanpage no Facebook  Convidei meus amigos para curtirem a página, mas depois de dois meses a maioria dos fãs eram desconhecidos e comecei a receber emails com dúvidas e pedidos de ajuda. Nessa época fui selecionado para participar do Social Good Brasil Lab  um programa para ajudar empreendedores sociais e a transformar ideias em negócios.

O mentor escolhido para acompanhar meu projeto foi o Elton Miranda, cofundador da Contentools e lembro do que ele me disse em nosso primeiro encontro:

Ofereça conteúdo de qualidade. Seu negócio precisa de um bom mailing. Se as pessoas gostarem do que você está produzindo, elas pedirão o produto que precisam.
Depois disso decidi publicar um ebook gratuito sobre “Como Brincar Com os Filhos”  e, além dos posts semanais, gravei alguns vídeos que publiquei no canal do Youtube do Conexão Pais e Filhos.  O ebook me rendeu 1.100 leads. Mil e cem pessoas baixaram meu ebook!A partir disso, eu não dava mais conta de responder cada email individualmente com dúvidas dos leitores e então resolvi criar o curso online Melhorando a Conexão Entre Pais e Filhos. Para lançar o curso, fiz um webinar gratuito oferecendo muito conteúdo e deixei o mesmo no ar por 7 dias. Foram aproximadamente 1.400 views e o vídeo era bem longo para os padrões da internet: 45 minutos.Agora estou no meio da entrega do meu curso e qual é o meu maior problema? Não estou conseguindo produzir conteúdo gratuito na mesma velocidade de antes, pois quero cuidar dessa primeira turma de clientes de modo especial e além de produzir o conteúdo do curso, estou cuidando da parte técnica da transmissão, gravação e edição dos mesmos.Acredito que os pais querem o melhor para os filhos e só precisam de algumas informações para criar uma conexão muito melhor.”* Este guest post foi produzido por Marcelo Michelsohn, psicólogo que adora fuçar no WordPress e está começando a dominar o Google Hangouts on Air. Marcelo é fundador do blog Conexão Pais e Filhos.
ebook-dos-ebooks
Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.