conteúdo

Você seguiu o conselho do marketing de conteúdo e começou a produzir? Agora você está frustrado porque ele não parece atrair tantos leitores quanto você esperava?

Você cria grandes expectativas de tráfego para um novo conteúdo, mas esquece que existem várias razões pelas quais as pessoas não vêem o seu conteúdo como você gostaria.

1. Eu não o encontrei / Você não o divulgou

Acreditar que um ótimo conteúdo irá atrair automaticamente um público-alvo e subir para o topo das buscas é uma lenda. Com os milhares de sites e, principalmente, daqueles que abordam os mesmos assuntos competindo entre si, não é aconselhável ficar sentado esperando que as pessoas procurem pelo seu.

Muitas vezes o conteúdo com a melhor estratégia de distribuição ganha de um que possui melhor qualidade. Claro que é muito importante criar conteúdos de alta qualidade, mas todo ótimo conteúdo também pode estar condenado a falhar se não fizer parte de uma estratégia de distribuição bem pensada.

Se ao distribuir seu conteúdo não encontrar nenhum leitor, pense em segmentar sua estratégia de distribuição para um público mais adequado.

2. A manchete não chamou minha atenção

Tanto para o seu texto como para o compartilhamento nas redes sociais, o título é crucial.

Às vezes vejo posts em que a chamada é tão sem sentido ou pouco atrativa que nem sinto vontade de compartilhar.

Considere gastar pelo menos metade do tempo que você gastou para produzir o conteúdo pensando em um ótimo título para atrair a atenção de seus leitores.

Achar o título perfeito é uma arte, mas existem algumas noções básicas que são fáceis de entender e considerar. Como, por exemplo:

– O título é a primeira conexão do seu conteúdo com o leitor;
– Em um título é essencial atrair a atenção do leitor, criando interesse pela leitura;
– Preste atenção na utilização da palavra-chave;
– Pesquise se não há um título igual ou muito parecido com o seu.

Ao compartilhar seu conteúdo, sempre faça uma chamada de ação para o leitor como: “Confira”, ou “Clique aqui para ler mais”.

3. Sem uma imagem, eu não dei tanta atenção

No começo – quando postava conteúdo nas redes sociais – como, por exemplo, no Twitter, tinha a prática de simplesmente escrever um pequeno resumo sobre o tema e colocar um link.

Com o aperfeiçoamento dessas redes, surgiu a oportunidade de adicionar imagens (e hoje em dia até mesmo os famosos GIFs), o que gerou uma exposição maior para conteúdos que possuíssem esse diferencial. Algumas redes como, por exemplo, o Facebook, possuem um índice de engajamento garantido bem maior quando tratamos de compartilhamento de imagens.

Não só o Facebook, mas também o Twitter, Pinterest e Instagram têm o potencial de conduzir os leitores para o seu conteúdo e “exigem” que você compartilhe imagens para aproveitar todo o seu potencial.

4. O título era chato / Eu já li em outro lugar

Não há nada de errado em escrever sobre um tema que outros já abordaram. Mas seu conteúdo não deve ser uma cópia do que as pessoas leram muitas vezes em outros blogs. Claro, há material para ser encontrado sobre quase qualquer tema que podemos imaginar, mas a sua visão pessoal e especial sobre isso poderia e deveria ser algo novo.

Quando você é novo no seu segmento e ainda não tem um público leal, é importante fornecer algo que as pessoas não irão encontrar em outro lugar, fazendo seu conteúdo se destacar. Uma vez que você tem um público leal, pelo menos alguns deles irão ler o que você produzir.

5. Não me familiarizei com o layout

Muitos sites ainda possuem um olhar do século passado. Não estou só me referindo ao design ou formatação do texto, mas hoje em dia os desenvolvedores prestam muita atenção na experiência do usuário para criar otimizações.

Um bom site ou blog deve facilitar que o usuário encontre o que procura e se sinta confortável ao navegar.

Lotar seu blog de pop-us ou banners, no momento que o usuário entra para ler ou está lendo, pode prejudicar sua experiência.

6. Ao clicar no link que você compartilhou, eu esperava algo diferente

Algumas pessoas tentam a sorte criando títulos ilusórios. Isso não é legal, pois ao entrar no seu conteúdo o leitor se sentirá enganado. Não tente atrair as pessoas com uma promessa de algo que não pode oferecer. Não é legal criar expectativas e não entregá-las.

Um sinal de que você não está oferecendo o que o seu público espera é quando seus visitantes não permanecem no seu blog para consumir o que foi disponibilizado.

Além disso, como já citamos, lembre-se de segmentar uma audiência correta e interessada no conteúdo fornecido. Assim, nem você e nem o público ficarão frustrados.

7. Ele era muito complexo ou técnico demais

Quando eu comecei a escrever no blog, minhas frases eram geralmente muito longas. Eu tentava criar frases bonitas, mas eu deveria ter me concentrado em explicar o que desejava de forma mais clara e com frases um pouco mais curtas. Termos técnicos podem ser usados conforme a necessidade e o tipo do seu conteúdo.

Se você notar, por exemplo, que um alto número de visitantes não fica no site para lê-lo (veja no seu analytics), uma razão pode ser que a sua escrita é difícil de entender.

Se você não tem certeza de que sua escrita é boa, ou de que você está sendo claro, peça para que seus colegas de trabalho leiam e aceite feedbacks para melhorar sua forma de escrever.

Lembre-se que, infelizmente, não é possível agradar a todos, alguém sempre irá achar um defeito ou não ficar satisfeito com o que você escreve.

Conclusão

Pode haver várias razões pelas quais seu conteúdo não foi lido – e apenas algumas delas têm a ver com a qualidade dele. Muita coisa também está relacionada com outros aspectos do marketing como a construção do público, a segmentação, a distribuição, a persistência e a construção de confiança da sua marca.

Não pare de pensar como você pode melhorar seu conteúdo e nas formas de distribuição diferenciadas, uma vez que ele foi criado – e não se esqueça de analisar seus resultados e otimizar tudo o que puder!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.