Costumo dizer quando esbarro com colegas da profissão que “fazer Marketing Digital para uma empresa já é um desafio, imagina fazer para vinte ao mesmo tempo, com momentos, estágios, objetivos e formatos diferentes”. 

Com essa metáfora quero transmitir um pouco o desafio que é o cotidiano de uma Agência Digital. Por viver isso, sei o quanto é comum deixarmos de lado algumas frentes importantes, como o nosso próprio Marketing de Conteúdo.

No artigo de hoje, recebi o convite especial dos amigos da Contentools para debatermos um pouco sobre os formatos de conteúdos que aumentam os resultados de uma agência. Confira um pouco da minha experiência e decida se vale aplicar também.

1 – Conteúdos de Topo de Funil:

Arrisco a dizer que você deve ter esbarrado nesse conceito, “conteúdo de topo de funil”, mas somente quem já vivenciou resultados reais sabe o quanto essa jornada (desde a investigação profunda dos temas, até a rotina, com a qualidade e constância no blog da agência) valem a pena todo o investimento.

Existe uma séria em três artigos escrito pelo Guilherme Mesquita, que indico como leitura complementar:

Como produzir conteúdos de topo de funil que sejam relevantes para seu público – Parte 1

Como produzir conteúdo relevante para meio de funil – Parte 2 de 3

Como produzir conteúdo de fundo de funil – Parte 3 de 3

Para você compreender a importância dessa atividade para sua empresa, preciso ir além do tradicional crescimento orgânico dos visitantes, e partir logo para o ponto principal, ou seja, o conteúdo fazer o leitor identificar um problema ou oportunidade.

E não, o foco do conteúdo de topo de funil não é vender (ainda) a sua empresa, mas com clareza e objetividade, através de um conteúdo de fácil acesso e criado para a sua Persona, sua empresa poderá oferecer a melhor forma do primeiro contato, educar e fomentar um assunto, e novamente, conduzir a audiência na busca da solução (que possivelmente passa por uma das soluções da sua Agência).

Experimente fazer o dever de casa, conversando nos seus artigo sobre que dói, e os resultados serão eminentes e surpreendentes. Uma dica chave é fato de sempre esbarramos nos melhores temas nas calls de vendas (então lembre-se de anotar as dúvidas principais que surgem nessas conversas).

2 – Conteúdos para Geração de Leads:

Você já se perguntou o motivo das empresas líderes do seus mercados (como a própria Contentools ou o pessoal da Resultados Digitais) sempre lançarem um novo material através de uma rotina estabelecida?

Essa ação não é realizada a toa, afinal a base ficará aquecida pelos novos conteúdos. Os números da geração de Leads serão impactados pelos lançamentos dos materiais. E é nesse momento que ocorrem a maior parte da “levantada de mão”, ou seja, os Leads que estão próximo do momento de compra surgem naturalmente quando você lançar o novo ebook, whitepaper, webinar (ou o formato que preferir) daquele mês.

E sim, dá trabalho manter uma rotina e qualidade, mas se os esforços refletem diretamente no crescimento das oportunidades de vendas, iremos concordar que são ações que uma Agência focada em crescimento deverá considerar em sua estratégia digital.

Outra indicação é você ter uma página para listar todos os seus materiais e deixar bem acessível em seu site. Assim você prolonga os resultados de cada material criado, e não será raro chegar um Lead que irá baixar todos os materiais de uma só vez. Se esse contato for a sua persona, será ideal para uma nutrição falar diretamente sobre as suas soluções.

3 – Conteúdos diretos, sobre sua Agência

Agora de nada adiantaria você saber conversar sobre o que dói (mostrando que o problema pode ser uma oportunidade) e trabalhar uma rotina de lançamento de materiais para geração de Leads, se não existir conteúdos que falam diretamente sobre a sua Agência.
O foco aqui não é o conteúdo tradicional de uma página “sobre”, “porque nós” ou até a última moda com o “como fazemos”. A ideia é ir além, por exemplo, trabalhar uma apresentação oficial (muito bem criada) das suas soluções, como esse comparativo das nossas soluções de Inbound Marketing.

Se você acessou o link talvez tenha observado que ali estamos pedindo, entre uma série de informações, o telefone do Lead que baixou nossa apresentação. Assim, conforme o perfil de quem fez o download, uma pessoa da equipe é informada e entra em contato rapidamente através de uma ligação telefônica.

Outro formato que costuma ajudar muito nesse processo são os casos de sucesso, onde são relatados de modo mais enfático o quanto a sua agência ajudou determinado cliente a atingir um resultado forte.

4 – Conteúdos para Nutrições

Ao final, interligar os conteúdos, de topo de funil, outros materiais para download e os materiais diretos da sua agência em nutrições (projetos de sequências de e-mails para uma segmentação) será a melhor forma de extrair o máximo de resultados da sua base de Leads.

Para uma nutrição que gere resultados, o que tomamos cuidado é para o conteúdo não ser chato, podendo assim por exemplo ser algo novo, complementar, instigante (quando possível), induzindo sempre o Lead ao próximo passo.

Além disso, é valido sempre frisar que você precisará testar (muito). Revisando e colocando em cheque, para saber se aquela comunicação faz sentido para quem está recebendo ou não. Quando fizer sentido, você será através das interações, que agora acertou a mão.

E você, concorda com as ideias compartilhadas nesse artigo? Deixe seu comentário ou compartilhe nas redes sociais.

*Este artigo foi escrito pelo nosso parceiro Jean Vidal.

shortbio-jean-vidal-marketing-de-conteudo-agencias (1)

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.