Você lembra quando foi que ouviu falar em Marketing de Conteúdo pela primeira vez? Desde aquele momento, imagino que você já tenha aprendido a usar esse recurso de diferentes formas. Hoje, você já entende como funciona a dinâmica da atração e educação de leads, mas ainda confia toda sua estratégia a uma empresa terceira e deixa que ela crie seus conteúdos e analise seus dados. Talvez isso esteja impedindo você de crescer ainda mais, sabia?

Convidei a Renata Medeiros, do FOUND IT! para contar um pouco sobre a trajetória do setor de conteúdo da empresa e partilhar os aprendizados que a ajudaram a crescer 9x em número de visitantes mensais! A experiência dela inclui parar de terceirizar conteúdo e passar a internalizar a prática para dar autonomia para o time interno. Bora conferir?

Marketing de Conteúdo: o início

O FOUND IT! é uma empresa que trabalha com a comercialização de presentes personalizados tanto para mercado B2B quanto B2C. Isso representa uma variedade de produtos que vai desde presente para homem e mulher até brindes corporativos. Com o site no ar e muitos produtos especiais à disposição de clientes de todo o Brasil, o FOUND IT! precisava mostrar seu valor para o mercado. Foi para fortalecer sua autoridade em meio digital, atrair visitantes para seu ecommerce e educar clientes de Inbound Marketing que o blog da empresa foi criado. Aliás, conteúdo ajuda ecommerces a crescer de forma acessível em todo o mundo – quanto mais especializados eles forem, mais importante o uso de conteúdo.

Mas como manter esse blog atualizado dentro de uma estratégia consistente? Na época, a empresa optou por encomendar conteúdo de uma outra empresa. Essa outra empresa criaria a estratégia, sugeriria as pautas produziria os conteúdos – e caberia ao time do FOUND IT! aprová-los.

Terceirizar o Conteúdo é mais fácil, mas vale a pena?

Quando a Renata Medeiros entrou para o time, sua responsabilidade principal era ler e aprovar os conteúdos que estavam inclusos no pacote. A priori, essa dinâmica funcionou muito bem. O blog foi sendo populado e o time de marketing do FOUND IT! percebeu o valor do Marketing de Conteúdo na prática!

Dentro de pouco tempo, porém, foram indentificadas lacunas nessa relação fornecedor-empresa-visitante.

“Nós não estavamos muito felizes com os textos, eles não estavam de acordo com a expectativa.”

O time da Renata percebeu rapidamente que o coração de tudo não é que o blog esteja sempre atualizado: é que os conteúdos sejam de qualidade. De nada adianta criar uma estratégia, definir boas pautas e publicar conteúdo no blog todas as semanas se esse conteúdo publicado não agregar em nada na vida do leitor.

“Aprendemos muito com a empresa de que tercerizamos esse conteúdo e depois decidimos aplicar sozinhos.”

Foi com esse aprendizado em mente, que o pessoal do FOUND IT! teve que tomar uma decisão importante: tomar a estratégia, a gestão e a produção desse conteúdo para si. Ou seja, eles internalizaram todo o processo de conteúdo.

Por que parar de terceirizar a Estratégia de Conteúdo?

A cada novo conteúdo lançado, um resultado é imprescindível: o aprendizado de todos os envolvidos no processo. Pois é, independentemente da geração de leads superar ou ficar abaixo do previsto, você e seu time acabam acumulando conhecimento e experiência que nenhuma outra situação seria capaz de gerar.

Agora, se um time de marketing terceiriza esse processo, ele acaba terceirizando esse aprendizado também. O resultado? Todo o conhecimento gerado através da experiência da sua empresa no mercado digital fica concentrado nas mãos de outra empresa.

Internalizar a estratégia de conteúdo, fazer o planejamento e cuidar da criação desse conteúdo internamente gera insumos para que seu time tenha ideias inovadoras para se relacionar com o mercado. Por consequência, é possível desenvolver conteúdos com mais personalidade e ter um blog muito mais rico em informações para seus visitantes. Se você quer entender melhor no que consiste uma estratégia de conteúdo bem completa, confira este artigo que menciona todo os detalhes que sua estratégia precisa ter.

E sabe qual a melhor estratégia de SEO? Exatamente esta: ter conteúdo interessante, relevante e útil para a sua persona! Para fazer com que ele fique mais intuitivo e informativo, use a estrutura de Topic Clusters para organizar seu blog – assim também você consegue ter mais clareza quanto às lacunas de conhecimento que seu conteúdo precisa preencher.

Dúvidas que o time interno conseguiu responder na nova fase

No processo de crescer seu número de visitantes sem ser dependente de seu fornecedor, o time de marketing digital do FOUND IT! precisou tomar controle de tudo – isso incluiu analisar os resultados que conseguem obter com conteúdo. Cada nova dúvida ou suposição que o time de marketing levanta, pode agora ser respondida através da análise de seus próprios dados em conjunto com o know-how que eles possuem internamente. Veja só algumas dúvidas que hoje já se tornaram aprendizados:

“É possível converter um lead em cliente através de um blogpost?”

Sim. O time de conteúdo percebeu que é possível criar conteúdos de fundo de funil super informativos e de alto número de acessos. Com foco na persona, o tom de voz adequado e um conjunto de informações relevantes, um ótimo título, boas palavras-chave e links apontando para suas soluções é possível criar conteúdos que convertem. Pois é, não há mágica para converter mais leads: há esforço, dedicação, know-how, experiência, otimização e melhoria contínua. E, no fim, tudo isso vale a pena! Afinal, além de os resultados serem ótimos, a jornada é divertida e cheia de aprendizados.

“Nem todos os visitantes compram – o que podemos fazer sobre isso?”

Muitos visitantes não são sinônimo de muitas vendas. O motivo? Nem todos os visitantes estão prontos para comprar. A maior parte deles está simplesmente em busca de tirar uma dúvida sobre um assunto em particular. É por isso que um excelente artigo não faz milagre – muito menos sozinho. Esses visitantes que não compram também são importantes, e é necessário conversar com eles. Como a CEO da Contentools explicou muito bem nesta mini aula sobre marketing de conteúdo, esse primeiro contato que eles acabam tendo com o blog pode ser a porta de entrada para que se tornem fiéis clientes. Ou seja, é necessário falar com o lead em todas suas fases de descobrimento, dúvidas e decisão. Por isso, a Renata e seu time aplicam a criação de conteúdo para todos os estágios de funil, acompanhando a jornada de compra de sua persona.

“Como podemos tirar o melhor proveito de cada rede social?”

Depois de testar mídia paga em diferentes formatos e canais, o setor de marketing digital da empresa acumulou aprendizado o suficiente para saber qual o menor investimento a ser feito para o maior resultado. Além disso, o tom de voz da marca foi unificado em todos os canais, dando ao seguidor e visitante uma experiência fluida de contato com a marca. Hoje, o instagram é usado como ferramenta de conversação especialmente para leads B2C e o Facebook Ads também uma ferramenta essencial. Ambos geram tráfego para o blog e para o site. De qualquer forma, a maior parte do tráfego orgânico mesmo vem do Google por meio de conteúdos relevantes e adaptados para SEO.

Quer aprender com a própria prática assim como o FOUND IT!? Aprenda a operacionalizar sua estratégia de Marketing de Conteúdo agora mesmo com este webinar gratuito com o passo a passo do planejamento de conteúdo.

E você: será que chegou seu momento de ter autonomia no Marketing de Conteúdo?

Uma hora a chave vira e a empresa percebe que precisa tomar a responsabilidade de criar conteúdo por conta própria. Mas como saber qual é o momento certo? Foi essa a pergunta que fiz para a Renata. O que ela me respondeu, foi:

“Percebemos que nossos resultados tinham estagnado no blog com a geração de conteúdo terceirizada, mas como a gente acreditava muito em conteúdo, tinha vontade de fazer e tinha um conhecimento básico, resolvemos apostar nisso e começou a dar certo.  E quando algo começa a dar certo a gente começa a investir e apostar ainda mais.”

Ou seja, houve um momento dentro da empresa em que foi percebido que o caminho a seguir fazia sentido. Mas seria necessário caminhar com as próprias pernas para conseguir ir mais rápido. Escolher deixar um fornecedor que teve um papel tão importante para a implementação de um novo método é uma grande responsabilidade. Afinal, como você passa a ter certeza que dará conta de cuidar de tudo internamente, sem a ajuda desse fornecedor?

Para o FOUND IT! essa certeza veio do conhecimento de mercado. O time de marketing percebeu que só as pessoas que estavam em contato com clientes no dia a dia tinham a clareza dos desafios pelos quais suas personas passavam. Portanto, somente elas conseguiriam criar e modificar a própria estratégia, definir as melhores pautas e criar briefings assertivos. Será que você e seu time não estão vivendo um momento semelhante. Caso positivo, talvez vocês estejam prontos virar a chave e passar a serem independentes!

“Depois que começamos a fazer conteúdo internamente, os resultados deram um boom.”

Melhor que tomar uma decisão difícil e sobreviver aos primeiros dias é analisar os resultados e descobrir que deu certo! Depois de uma adaptação interna para conseguir dar conta de toda a demanda de marketing digital internamente, não demorou muito para o FOUND IT! perceber que havia tomado a melhor decisão:

“Fazemos uma análise de resultados mensalmente, quando eu vi, os resultados começaram a melhorar muito.”

A Renata compartilhou conosco o registro desse crescimento, veja só:

crescimento marketing de conteúdo

Ao olhar com mais cuidado mês a mês, é possível perceber que o crescimento não foi imediato. Houve uma curva de aprendizado para o time interno da empresa. Afinal, Renata e seu time precisaram passar por cada etapa do aprendizado sobre conteúdo na prática. Veja só as 4 etapas principais:

  1. Levantamento de hipótese: criação de estratégia e definição do planejametno a seguir;
  2. Teste: desenvolvimento do conteúdo, publicação e distribuição;
  3. Análise de resultados obtidos: o que funcionou? O que não funcionou? O que podemos melhorar?
  4. Aprimoramento da estratégia e do planejamento: aplicação do que foi aprendido para ir de encontro a resultados ainda melhores.

Como você pode perceber, o fator 4 é responsável pelo fechamento do ciclo de aprendizado. Afinal, só é necessário apostas fichas em uma hitótese no início, antes de ter dados de análise. Após fazer a primeira rodada de conteúdo e testar o planejamento inicial, é possível ter ideias ainda mais certeiras e simplesmente melhorar a performance da estratégia de conteúdo fazendo pequenos ajustes.

Veja só como a própria FOUND IT! só começou a ver o crescimento signifcativo de sua estratégia própria no sexto mês após o rompimento do contrato (que havia sido em Janeiro de 2017):

crescimento marketing de conteúdo organico

É muito importante ter esse período de aprendizado em mente ao tomar o controle de sua estratégia de conteúdo. Por mais que você e seu time queiram obter resultados o quanto antes, a estratégia de conteúdo raramente começa gerando grandes resultados nos primeiros meses. Porém, esses meses de pouco crescimento valem a pena. Por ser uma estratégia de médio e longo prazo, quando sua estratégia de conteúdo começar a render frutos, mantê-la ativa e crescendo fica muito mais simples – e barato – que qualquer outra estratégia digital. É por isso que empresas como a FOUND IT! apostam tanto nessa estratégia.

O resultado? Veja só a diferença entre a quantidade de visitantes em dezembro de 2016 (quando o conteúdo ainda era terceirizado) e dezembro de 2017 (quando o conteúdo já estava sendo feito pela empresa!

Um crescimento aproximado de 9x em quantidade de visitantes! E o mais legal: essa quantidade se manteve nos meses seguintes. Nada mal para uma empresa em fase de aprendizado sobre marketing de conteúdo, não é?

crescer várias vezes o número de visitantes

E o futuro?

A previsão é de crescimento tanto para a empresa, como para o time de Marketing Digital, que tem muito potencial para se tornar um time misto, com profissionais trabalhando dentro e fora do escritório. Ou seja, os desafios continuam surgindo! A parte boa é que a gestão de times mistos já é uma realidade, especialmente com o uso de tecnologia de gestão de informação, tarefas e time – como é o caso da Contentools. Se você quiser entender mais como funciona essa gestão de times de conteúdo por meio da tecnologia, confira este artigo sobre como como montar o time ideal de conteúdo.

Com a estruturação da área de marketing e a internalização do seu know-how, o conhecimento e a experiência da empresa passam a ser seu maior ativo, contribuindo imensamente para seu crescimento de forma acelerada. É assim que o FOUND IT! está se preparando para o futuro. E a sua empresa, como está se preparando? Conte para a gente nos comentários!

Agora é a sua vez!

Que tal se tornar independente de seu fornecedor de conteúdo e retomar as rédeas de sua presença digital? É provável que, assim como o FOUND IT! você também consiga aprender e crescer de forma acelerada! E aumentar em algumas vezes a quantidade de visitantes do seu site não seria nada mal, não é? Se você se sente preparado para tomar essa decisão, saiba que pode contar com a Contentools para dar o apoio em formato de tecnologia – afinal, a plataforma serve exatamente para ajudar você a fazer a gestão de seu time de conteúdo, seja ele interno, externo ou misto. Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre como estruturar sua própria gestão interna de conteúdo, ou queira trocar uma ideia coma própria Renata, do FOUND IT! fique à vontade para trazer suas questões nos comentários abaixo!

Também recomendamos para você:

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.