A maioria das pessoas que trabalha com marketing de conteúdo sonha com o dia em que seu blog atingirá uma meta – aumentará o tráfego, atingirá determinado número de leads, terá seu post compartilhado por um influenciador. Se por acaso você ainda não teve essa sensação de “eu consegui”, existe sempre a possibilidade de aprender mais e dar mais um passo rumo à concretização das metas. Por isso, separamos 9 dicas para você construir um blog altamente bem-sucedido – seja qual for a sua área de atuação. Vamos a elas:

1. Mantenha a consistência

Para construir e manter a sua audiência, você precisa criar expectativas ao redor da qualidade e da frequência dos posts. Muitos blogs corporativos apenas publicam um artigo ou dois e depois não postam nada por três meses. Esses provavelmente não vão atingir os resultados que esperam.

Se você consegue produzir apenas um post por semana, tudo bem. Depois, você pode ir aumentando essa quantidade gradativamente. O essencial é manter a consistência e a periodicidade do seu blog. Somente assim seu público saberá que vai encontrar conteúdo novo e valioso a cada vez que visitar o site – o que garante seu retorno.

2. Construa um banco de conteúdo longa vida

Um material longa vida é aquele que possui um ciclo de duração maior do que uma simples atualização de notícias. Ele proporciona mais tráfego, por mais tempo, ajuda na otimização das páginas e, normalmente, é mais gratificante de ser escrito. Guia, listas de dicas e conselhos bem detalhados, posts “como fazer” e entrevistas bacanas são exemplos de conteúdos que acrescentam relevância e aumentam sua vitalidade depois da publicação. Segundo o Hubspot, cerca de um terço do seu tráfego mensal vem de posts escritos meses ou anos atrás.

Outra coisa legal de acrescentar no seu blog é uma tag “Leia também” ou “Leia mais” com o objetivo de gerar URLs diferentes e conseguir analisar com mais precisão quais os conteúdos estão gerando mais resultados do que outros.

3. Pense sobre a Call to Action

A Call to Action (CTA) é uma peça essencial em todo conteúdo produzido. Basicamente, é uma frase ou um link imperativo que leva o leitor a tomar uma ação específica. Para criar uma call to action eficiente, pergunte-se: o que eu quero que as pessoas façam ao terminarem a leitura do meu texto? Pode ser, por exemplo, acessar outro material disponível no seu site, comentar sobre o texto ou até compartilhá-lo nas redes sociais. Por exemplo: “Esse conteúdo te ajudou? Comente conosco!”. O CTA é fundamental para a conversão de leads. Ao conduzi-lo a uma peça de conteúdo como um e-book, você oferece um material interessante em troca de informações.

Leia também: 5 dicas para otimizar call to actions (CTAs)

4. Não utilize fotografias comuns

Fuja daquelas fotografias que obviamente foram encontradas em bancos de imagens padrões. Os visitantes reconhecem essas fotos a uma milha de distância e o resultado pode ser um aumento da taxa de rejeição (o que poderia ter um efeito sobre a sua classificação na pesquisa do Google). Para seu blog ser bem-sucedido, você precisa oferecer valor ao seu visitante e mostrar que somente ali ele pode encontrar materiais que não encontraria em nenhum outro site. Se você está acrescentando ao seu post uma imagem que seu leitor já viu, pode estar perdendo a oportunidade de mostrar que você oferece algo único.

Além disso, adicione legendas sob as imagens. Elas chamam mais atenção do que o resto do texto. Outra dica é usar esse espaço para alguma informação importante, como um CTA ou um link onde você pode ler mais sobre o assunto em destaque na imagem. Um lugar legal para encontrar fotografias diferentes é o Creative Commons.

Leia também: Como escolher imagens poderosas para os conteúdos

5. Ofereça aos seus leitores a possibilidade de assinar seu blog

Parece um pouco básico, mas as pessoas se esquecem desse ponto. Mantenha um campo visível para os leitores interessados cadastrarem seu e-mail e receberem sua newsletter. Ou ainda de assinar pelo RSS. Existe uma discussão sobre oferecer um feed parcial ou um completo. Se por um lado é mais fácil para os leitores terem o feed completo disponível no RSS, por outro isso pode diminuir consideravelmente as visitas ao seu blog. Se puder, ofereça as duas possibilidades: seu leitor ficará feliz em poder escolher.

6. Crie uma identidade visual atraente

Lembre-se de que na internet para mudar de site só é preciso um clique. Portanto, pense na usabilidade do seu blog: a disposição dos elementos, as cores, a tipografia do conteúdo, o acesso a ele – tudo isso é importante na hora de oferecer a melhor experiência para o usuário. Existe uma regra que diz que menos é mais em relação ao layout. Não use cores demais, não exagere nos elementos das páginas para não cansar e muito, muito cuidado com o contraste. O texto precisa estar legível e o leitor tem que entrar na página e saber imediatamente onde encontrar o seu material. Esses detalhes serão importantes para a identidade visual da sua marca.

Um detalhe: os ocidentais têm uma tendência a direcionar o olhar primeiro à esquerda por causa do nosso padrão de leitura (da esquerda para a direita). Talvez seja uma boa ideia começar por aí.

7. Tenha um site adaptado para dispositivos móveis

É cada vez mais importante ter um site responsivo. Segundo o relatório do Google, What Users Want Most From Mobile Sites Today (O que os usuários mais querem dos sites móveis atualmente), 74% dos usuários estão mais propensos a retornar a um site se esse for responsivo. Devido a esse resultado e de outras estatísticas semelhantes, o Google está priorizando sites adaptados para dispositivos móveis.

Leia também: 4 tendências quentes de marketing mobile para 2016

8. Construa relações sólidas com o link building

Construir relacionamentos é a chave quando se trata de blogs, especialmente quando se trata de construir ligações muito importantes. Seria ingênuo pensar que seus posts vão ganhar links por si mesmos. Crie uma presença importante em comunidades relevantes ajudando as pessoas. Elabore respostas verdadeiramente úteis para elas. Construir essas relações impulsiona seu blog em um ritmo mais rápido. E não se esqueça do link building. Sabemos que é meio cansativo acrescentar links quando você está terminando um texto, por isso, um conselho é manter uma folha com o link de aproximadamente 20 páginas com as quais você pretende reforçar a sua autoridade.

Se você quer se conectar com as pessoas, deve estar disposto a compartilhar as suas coisas também. Os blogs devem ser vistos como uma extensão da sua rede social – e você deve tratá-lo como tal: um lugar para construir relacionamentos.

Leia também: Como fazer conteúdo para Link Building

9. Não se esqueça do SEO

Você provavelmente já sabe, mas não custa reforçar: a forma como você estrutura o seu texto é muito importante. Por isso, disponibilize títulos e subtítulos breves, claros e concisos em tags de h1, h2, h3, etc. No texto, mantenha a tag p. Assim, os robôs do Google vão escanear mais facilmente o material e mostrá-lo nas páginas de busca dos usuários.

O que mais você faz para aumentar o resultado do seu blog? Compartilhe conosco nos comentários!

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.