Como fazer conteúdo para Link Building

Produzir conteúdo para Link Building é uma das estratégias de SEO utilizadas para conseguir melhorar o ranqueamento de um website. É importante porque quanto mais um conteúdo é lincado por sites com elevada reputação, mais destaque ele recebe de ferramentas de busca como o Google. Além de ganhar mais visibilidade entre os leitores, possibilitando que seja encontrado mais facilmente pelos motores de busca, o conteúdo ganhará mais autoridade entre os demais sites e passará a ser cada vez mais respeitado no seu nicho.

Embora importante, somente quantidade não é suficiente para uma boa estratégia de SEO: a qualidade conta mais do que tudo. O grande desafio é fazer um site receber links de alta qualidade, de portais e blogs com elevada reputação.

Entendendo o Link Building

Dentro do termo existem alguns conceitos que precisam ser entendidos para montar uma boa estratégia.

Page rank: é uma métrica usada pelo Google para classificar páginas da web em uma escala de 0 a 10. O fator que determina o número é justamente o número de links apontando para este mesmo site – quanto maior for a qualidade do site que dá os links, maior será a escala.

Idade do link: é melhor receber um link de um domínio que já tenha mais idade do que de um novo.

Nicho: o nicho influencia a qualidade do link, ou seja, para ter relevância, um link deve ser dado para um site do mesmo nicho.

As estratégias de Link Building podem ser bem-sucedidas se bem planejadas e executadas em médio e longo prazo. Vale lembrar que nada adianta o esforço se você não tiver conteúdo de qualidade e relevante para o seu leitor.

Marketing de Conteúdo para um Link Building eficaz

A internet está cada vez mais sofisticada e é importante entendermos que se produz conteúdo para pessoas e não para robôs e mecanismos de busca. Portanto, de nada adianta usar as milhares de técnicas existentes para ganhar links se o seu conteúdo é irrelevante. A estratégia mais importante para ganhar links naturais e de qualidade é tendo um conteúdo interessante e saber promovê-lo para seu público-alvo. Aqui entra o marketing de conteúdo.

Marketing de conteúdo nada mais é do que produzir, publicar e compartilhar, por meio do blog e das redes sociais, materiais úteis para o público. Um conteúdo rico de informações, que resolve problemas, que ajuda, é um conteúdo que possui qualidade e é passível de ser lincado em sites e blogs renomados.

Link Building: estratégias simples para começar

Redes sociais

Publicar chamadas dos conteúdos do blog em redes sociais, como Twitter, Facebook e LinkedIn, ajuda a atrair público qualificado para o site. Ao mesmo tempo, por obter maior conversão de visitas, o site ganha aos poucos autoridade perante os organismos de busca e passa a ser mais bem ranqueado.

Aponte para outros sites

Sempre que considerar útil a outros leitores, coloque em seus artigos links direcionando para outros conteúdos que tenham a ver com o seu. Muitas empresas retribuirão o favor e farão o mesmo. E mesmo que elas não façam isso, seus leitores reconhecerão suas boas ações, principalmente se os links representarem uma ajuda verdadeira.

Comente em outros blogs

Você deve ler dezenas de blogs como o seu, então o que custa fazer comentários neles? Claro que não estamos falando de qualquer comentário. Informações que agreguem valor ao artigo aumentam as suas chances de ganhar acessos. Além de contribuir para enriquecer o debate e o conteúdo, você pode argumentar lincando para posts que tenha publicado no seu próprio blog.

Como anda sua estratégia de link building? Conheça os 10 mitos sobre SEO e melhore seu ranqueamento!

Biblioteca de Conteúdos: como configurar seu Analytics e ter uma visão clara dos seus dados!

Você já tem usado a Contentools para criar conteúdos incríveis alinhados à sua estratégia e manter seu blog sempre atualizado com o menor esforço possível, não é? Bom, agora é hora de entender como conseguir extrair os melhores dados de análise de conteúdo na tab de Analytics dentro da sua conta. Afinal, minerar os dados mais relevantes fará com que você tenha em mãos exatamente o que precisa para tomar decisões assertivas e garantir que sua Estratégia de Marketing de Conteúdo continue indo na direção certa.

Então, vamos lá!

Como funciona a Biblioteca de Conteúdos da Contentools?

A Biblioteca de Conteúdos da Contentools foi idealizada e desenvolvida para que você possa ter muitos insights para sua estratégia de conteúdo e distribuição. Como? Analisando o comportamento da sua audiência por meio de dados sobre a distribuição, o posicionamento e o alcance dos seus conteúdos.

Essa ferramenta tem duas bases principais de dados para analisar:

  • Todos os conteúdos que você publica na plataforma da Contentools; e
  • Dados do seu Google Analytics.

Note que importamos os dados do seu Google Analytics porque sabemos que você já pode ter conteúdos publicados em seu blog antes de se tornar nosso parceiro – e esse histórico possui informações essenciais para você! Puxando esses dados, conseguimos garantir que você tenha em mãos todas as informações de que precisa para avaliar na totalidade como andam seus resultados.

Neste artigo vou ajudar você a entender como configurar seu Google Analytics para que a Biblioteca de Conteúdos tenha acesso somente aos dados corretos para análise. Mas por que fazer essa ‘limpa’ no Google Analytics vai facilitar sua vida?

Google Analytics e seus muitos dados

Por padrão, o Analytics coleta todos os dados do domínio/site com que você criou a conta. E isso pode acabar resultando em dados demais! Com um dashboard extenso e cheio de números e gráficos na sua frente, fica difícil saber em que realmente se concentrar, não é?

A boa notícia é que tudo isso é configurável!

Vou mostrar a você como configurar toda a visualização de dados por meio das Analytics Views (visualizações). Assim, você pode criar bancos de análises separados com vários critérios, do jeitinho que fizer mais sentido para você. Ou seja, vai poder personalizar a sua visualização de dados completamente!

Ah, um ponto importante a ressaltar é que quando você cria uma conta no Analytics ou inclui um novo domínio, uma View geral do seu domínio é criada junto. Como não mexeremos nela (apenas criaremos uma nova), os dados gerais do seu site ficarão preservados e ainda poderão ser usados para uma análise mais ampla quando você quiser.

Como exemplo, estou usando um domínio de teste, então você notará que não há nenhum dado. A visão principal que temos se chama All Web Site Data e essa é normalmente a visão que é integrada à Contentools. O problema é que essa visão não me dá as informações específicas do meu blog – dá a de todo o site. Por exemplo, eu quero ver na biblioteca somente os dados do meu blog, mas, nesse caso, meu blog é apenas uma das páginas do diretório do site ou, até mesmo, um subdomínio, como http://blog.roxxo.com.br.

Sendo assim, quando integramos o Google Analytics à Contentools, acabamos tendo essa visão completa de dados do site. Mas como queremos apenas o acesso aos dados do blog, que é uma página no diretório, vamos ter que criar uma nova view.

Passo 1: Criar uma nova view

Configurar uma nova view é muito simples, veja só:

Basta ir a Admin > All Web Site Data > Create New View, dar um nome para a sua view, marcar seu timezone completo e criar view. Você pode criar até 25 views por domínio.

Depois que criar sua view, vamos criar os filtros certos para ela que vão garantir que você tenha apenas os dados relacionados ao blog.

Passo 2: Designar os filtros

Agora que criamos nossa nova view, vamos configurar os filtros. Esses filtros servirão para que possamos especificar quais dados queremos que apareçam no nosso relatório.

Como criar filtro para diretórios

Caso seu blog seja um diretório dentro do seu site, você pode fazer isso em apenas 5 passos:

  • De volta ao painel administrativo, selecione a view que você acabou de criar;
  • Clique em filtros e em Adicionar Filtro;
  • Coloque o nome do filtro;
  • Nas opções básicas, inclua somente o diretório que quer – no meu caso, vou usar /wordpress;
  • Depois clique em salvar para criar o filtro.

Como criar filtros para blogs que não estão em diretório

Vamos supor que, na verdade, todo seu site e blog estão no mesmo lugar, não há um /blog nem nada. Nesse caso, temos duas opções:

  1. Criar um filtro por pesquisa de padrão (conforme citei acima);
  2. Criar diversos filtros excluindo as páginas que não queremos que sejam coletadas.

Como criar um filtro por pesquisa de padrão

Você também pode incluir um filtro avançado para que, por meio da URL que foi acessada, possa buscar somente os dados de um subdomínio (no meu caso, o subdomínio será blog.roxxo.com.br). Você pode fazer isso em apenas dois passos:

  • Para esse novo filtro, você seleciona o tipo de filtro personalizado e a opção Incluir/Include e Hostname (essa opção especifica que será analisado o link que o usuário está acessando);
  • Coloque em Padrão de Filtro o link do seu blog.

Note que no link, antes de cada ponto, deve ser inserida uma contrabarra (“\”). Isso ocorre porque esse campo de pesquisa não é uma pesquisa absoluta, mas sim um padrão de pesquisa. Seria quase a mesma coisa se eu quisesse especificar que nessa view eu quero somente os conteúdos que no link tenham dois números, seguidos de traço, seguidos de dois números, seguidos de traço e mais quatro números (99-99-9999), representando assim uma data (/01-10-2017/como-ser-feliz), nesse campo eu represento o padrão que eu quero que seja pesquisado e, quando é colocada a contrabarra antes de um caractere especial, quer dizer que você quer que aquele ponto, por exemplo, represente de fato um ponto e não uma concatenação de duas palavras, nesse caso.

Depois disso, basta salvar o novo filtro criado.

Criar múltiplos filtros também é uma opção simples. O passo a passo é:

  • Ao criar um novo filtro, selecione a opção personalizada Exclude/Desconsiderar;
  • Selecione a opção Request URI (isso especifica que será analisado tudo que vier depois de http://roxxo.com.br/******);
  • Coloque a parte do link que você não quer – por exemplo, se não quer a página de sobre nós nessa view, acesse seu site, no menu Sobre Nós, e copie tudo que vier depois da “/”, como mostrei acima.

 

Como eu integro a view que criei à Contentools?

Já explicamos aqui como integrar o Analytics à Contentools. O processo de integrar uma view é o mesmo, a única diferença é que agora você tem uma view especial para integrar, ao invés da view default.

  • Entre em sua conta da Contentools e acesse o menu Analytics;
  • Clique em Integrar Analytics (você deve ter seu blog integrado na plataforma para aparecer essa opção);
  • Faça o login na sua conta Google com acesso ao Analytics;
  • De volta à Contentools, selecione o domínio que você quer integrar;
  • Selecione o projeto do Analytics (normalmente é uma opção única, padrão do próprio Analytics);
  • Ao selecionar o projeto, você terá a visão de todas as views que esse projeto tem. Então, basta selecionar a view que você acabou de criar e os dados já aparecerão para você!

Fácil, não é?

O único ponto que vale ser levantado aqui, que pode gerar certa confusão é que a coleta de dados do Analytics começa no momento em que cada nova view é criada, não levando em consideração dados históricos do seu Analytics. Mas como falei antes, nenhum dado já coletado é perdido ou alterado, tudo bem? Então pode relaxar com relação a isso.

Agora é sua vez!

Com essas dicas, você criará uma visualização do Analytics apenas para seus conteúdos, assim, você e seu time terão acesso somente aos dados de distribuição do seu conteúdo. Isso facilita sua análise de dados, pois terá informações muito mais precisas sobre o comportamento da sua audiência e como ela se enquadra na sua Estratégia de Marketing de Conteúdo.

Além disso, você consegue ter em mãos, de forma muito mais precisa, todas as informações de ranqueamento de seus conteúdos e pode analisá-los com base em todos nossos critérios de SEO, que são mais de 30 e dizem respeito tanto ao conteúdo quanto a seu blog, estrutura das páginas, compartilhamentos e muito mais.

Quer saber mais sobre a Contentools? Converse com um de nossos especialistas e veja tudo que você pode fazer com a Biblioteca de Conteúdos da Contentools.

Também recomendamos para você

 

 

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.